PSD e CDS-PP aprova por unanimidade recomendação de voto em Marcelo

O antigo presidente do PSD Marcelo Rebelo de Sousa é o único candidato desta área política às eleições presidenciais de 24 de janeiro. O Conselho Nacional do PSD aprovou hoje de madrugada, por unanimidade, uma recomendação de voto na candidatura presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa dirigida aos eleitores do partido, proposta pela direção nacional social-democrata.

Nos termos do texto aprovado pelo órgão máximo do PSD entre congressos, ficou decidido “recomendar aos eleitores do PSD o voto na candidatura do professor Marcelo Rebelo de Sousa”.

Como também, o Conselho Nacional do CDS-PP aprovou hoje, por esmagadora maioria, a deliberação apresentada pela direção do partido para recomendar o voto no candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa, na sede nacional dos centristas, em Lisboa.

Entre os conselheiros presentes, 116 votaram favoravelmente, três abstiveram-se e um votou contra o nome do antigo presidente do PSD, comentador político e docente universitário de Direito, segundo fonte oficial centrista.

“A forma independente como a candidatura nasceu e a forma abrangente como se tem afirmado distinguem-no de outros candidatos”, tinha afirmado o líder democrata-cristão, Paulo Portas, antes da reunião, definindo Rebelo de Sousa como um futuro Chefe de Estado com “respeito pelo regime semi-presidencial – nem poderes a mais, nem a menos”.

“Um defensor das opções europeias e atlânticas de Portugal”, descreveu Portas, sublinhando que já existem um Presidente da Assembleia da República socialista, um Primeiro-Ministro socialista, um Governo socialista e um Presidente da Câmara Municipal de Lisboa socialista e “não há vantagem em acrescentar a esta lista um Presidente da República socialista”. (Ag.Lusa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.