• Sex. Jan 27th, 2023

Eurovisão 2018: vitória de Israel no Festival Eurovisão da Canção

eurovision-2018
Share This !

Milhares de pessoas festejaram no Eurovision Village, a vitória de Israel no Festival Eurovisão da Canção, que já era a favorita para aqueles que se deslocaram ao Terreiro do Paço, em Lisboa.

Eram várias as cores que pintavam o espaço, localizado junto ao rio e que serviu de “aldeia” aos entusiastas da Eurovisão, mas o azul e branco de Israel eram das mais repetidas.

Com bandeiras, varinhas de luz, passando por bandoletes iluminadas e pinturas faciais, os fãs de Netta, a israelita que interpretou a música “Toy”, marcaram presença, e em peso, em Lisboa.

O ponto alto da noite ocorreu quando a artista subiu ao palco, pondo o Terreiro do Paço em alvoroço. Vários fãs dançaram e acompanharam Netta, mostrando que sabiam de cor a letra da música vencedora. O passo mais repetido era a “dança da galinha”, que fazia parte da coreografia feita pela própria artista.

De cada vez que a emissão, que passava nos três ecrãs gigantes, relembrava a interpretação da israelita, o Eurovision Village vibrava.

Meetic

Perto da meia-noite, quando foi revelado que Israel era o país vencedor da edição deste ano do maior certame de música a nível europeu, os presentes fizeram a festa no Terreiro do Paço, e voltaram a acompanhar a música vencedora, na última atuação da noite.

Israel venceu hoje, pela quarta vez, o Festival Eurovisão da Canção, com o tema “Toy”, interpretado por Netta, enquanto a canção portuguesa, “O Jardim”, defendida por Cláudia Pascoal e escrita por Isaura, ficou em último lugar.

Israel foi o país que obteve maior pontuação (529 pontos), atribuída pelos espetadores de cada país e pelos júris nacionais dos 43 países que participaram na edição deste ano, embora apenas 26 canções tenham competido na final.

A par de Israel, as cores que mais marcaram o Terreiro do Paço foram as de Espanha, apesar de os fãs mais arrojados serem os do Reino Unido, sendo que a maioria trajava a rigor da cabeça aos pés.

Também o Arco da Rua Augusta e a estátua de D. José, no centro da praça, ficaram iluminados de várias cores ao longo da noite.

Em coro, o Terreiro do Paço cantou “Amar pelos Dois”, a música que deu a vitória a Portugal há um ano, e que foi interpretada hoje por Salvador Sobral e Caetano Veloso, tendo sido o momento mais aplaudido da noite.

A praça estava cheia, mas entrar foi um desafio. Pelas 18:00 (duas horas antes do início da cerimónia) já havia várias filas criadas para entrar no recinto, que se prolongavam por várias centenas de metros, e o público aguardava pelo menos uma hora até entrar.

Para os fãs ouvidos pela agência Lusa, Israel foi o justo vencedor.

A portuguesa Margarida Videira, de 20 anos, tinha “Toy” como a música favorita entre os participantes deste ano.

“Era a minha canção favorita, foi perfeito. Por um momento pensei que a Suécia ou a Áustria pudessem ganhar. Não são preferências e então vou admitir, estava triste mas felizmente saiu uma canção que eu adoro”, disse.

Apesar de gostar da música portuguesa, “o Jardim”, a jovem considera que “uma balada não resulta duas vezes de seguida”, e por isso Portugal precisava “de uma música mais animada” e de inovar.

Também ouvida pela Lusa, a israelita Adi Cohen, de 16 anos, disse esperar a vitória. Ainda assim, mal foram anunciados os resultados, a jovem não conseguiu conter a emoção e o choro de alegria.

“Eu esperava [a vitória], mas nunca se sabe quem vai ganhar”, afirmou.

Quanto à realização da próxima edição do Festival Eurovisão da Canção no seu país, Adi admitiu que “é um sonho tornado realidade”.

Também para a sueca Frida Israels, “ganhou a melhor canção”. Apesar de também torcer pela República Checa, a jovem mostrou-se “muito feliz” com o resultado.

Já em relação à prestação da Suécia, Frida apontou que “correu melhor que o esperado”. A noite encerrou no Eurovision Village com uma sessão de fogo-de-artifício ao som da música vencedora.

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
O diário da primeira viagem de Vasco da Gama à Índia
Vasco da Gama

Unesco vai analisar na próxima semana a classificação como património mundial de o diário que relata a descoberta do caminho marítimo para a Índia. O diário da primeira viagem de Read more

Portuguesa soprano é candidata a melhor cantora lírica do mundo
Susana Gaspar

O recital da soprano portuguesa Susana Gaspar abre, no domingo, o Concurso BBC Cardiff da Melhor Cantora do Mundo, no qual participam, até 23 de junho, alguns dos mais promissores Read more

Douro eleito como melhor itinerário turístico fluvial da Europa
Douro

video - O jornal online norte-americano The Huffington Post considerou o Douro como melhor itinerário turístico fluvial da Europa. Natureza, cultura e vinho são algumas das razões apontadas pela publicação Read more

Organização europeia de defesa do património dá prémio a Azulejo portugues
azulejo patrimonio

O projecto português SOS Azulejo, dedicado à salvaguarda e valorização do património azulejar português, foi neste domingo distinguido em Atenas com um prémio especial na edição de 2013 dos galardões Read more

Xutos & Pontapés num concerto em Londres a 29 de junho
Xutos e Pontapés

video - Os Xutos & Pontapés, um dos mais antigos grupo rock português em atividade, irá atuar em 29 de junho em Londres, uma estreia no Reino Unido em 34 Read more

António Zambujo continua a digressão por varios países
Antonio Zambujo

video - Antonio Zambujo, com uma carreira que inclui já cinco álbuns, editados entre 2002-2012, o fadista natural de Beja encontra-se em digressão para promover o trabalho discográfico mais recente. Read more