Filme de David Pinheiro Vicente selecionado para competição de “curtas” de Cannes

O filme “O Cordeiro de Deus”, do realizador português David Pinheiro Vicente, foi selecionado para a competição de curtas-metragens do Festival de Cinema de Cannes, anunciou a organização.

Segundo o festival, foram selecionadas 11 curtas-metragens, entre os cerca de 3.800 filmes submetidos à competição oficial.

A Palma d’Ouro de melhor curta-metragem será anunciada no outono, em Cannes, França, estando ainda por conhecer quem fará parte do júri deste ano.

“O Cordeiro de Deus” é uma coprodução luso-francesa e é a segunda curta-metragem de David Pinheiro Vicente, depois de “Onde o Verão Vai (Episódios da Juventude)”, filme de escola que teve estreia mundial em 2018, no festival de cinema de Berlim.

A nova curta-metragem “parte do imaginário do realizador sobre uma vila no interior de Portugal, e cruza as tradicionais festas de verão com violência e sexualidade”, lê-se na nota de imprensa.

O festival de cinema de Cannes deveria ter acontecido em maio, mas não se realizou por causa da Covid-19. A organização não admitiu um cancelamento total do festival e, no início de junho, anunciou a seleção oficial de longas-metragens, que poderão ser exibidas nos cinemas nos próximos meses e em 2021, com o selo de “seleção oficial de Cannes”.

Entre os filmes anunciados no início de junho estão “Na Penumbra”, do realizador lituano Sharunas Bartas, coproduzido pela portuguesa Terratreme, “The French Dispatch”, de Wes Anderson, “Été 85”, de François Ozon, “Falling”, a estreia do ator Viggo Mortesen como realizador, “Soul”, de Peter Docter pelos estúdios Pixar, e “Aya and the Witch”, de Goro Miyazaki, primeiro filme em animação 3D dos estúdios Ghibli. (Ag.Lusa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Show Buttons
Hide Buttons