Sempre dissemos que o objetivo final era irmos ao Brasil

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, destacou, após o triunfo sobre o Luxemburgo, que o mais importante é que Portugal continua na rota do Mundial-2014. “Sempre dissemos que o objetivo final era irmos ao Brasil. Naturalmente, era mais agradável se fosse direto, não foi. A forma como o vamos conseguir é indiferente”, afirmou aos jornalistas o líder federativo.

Gomes fez questão de reforçar a sua crença de que a Seleção estará no Mundial: «Vamos fazer o nosso melhor e fazer tudo o que for possível. Temos confiança de que vamos conseguir ir ao Brasil»

A Rússia empatou em 1-1 fora de casa com o Azerbaidjão, pela última rodada das eliminatórias europeias para o Mundial de 2014, garantindo a primeira colocação do Grupo F e a passagem para o Brasil no ano que vem.

O capitão Roman Shirikov foi o autor do gol russo, aos 15 minutos do primeiro tempo, enquanto Vagif Dzhavadov, empatou para os donos da casa no último minuto.

Portugal, que goleou por 3-0 o Luxemburgo, ficou na segunda posição e terá que se conformar em disputar a repescagem contra outro segundo colocado das eliminatórias.

“Estou satisfeito com nosso desempenho nestas eliminatórias. Terminamos em primeiro num grupo com um grande rival como Portugal. Jogamos bem em todas as partidas, com exceção do jogo com o a Irlanda do Norte, mas em geral tenho boas lembranças da nossa campanha”, disse o técnico da seleção russa, o italiano Fabio Capello em coletiva de imprensa após a partida.

Os russos não se classificavam para uma Copa do Mundo desde 2002, e agora têm a certeza de que vão disputar dois mundiais seguidos, já que serão o país sede em 2018.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.