• Qui. Dez 1st, 2022

Antonio Costa e Marcelo acusados de “suprema hipocrisia” em relação à crise

Bernardino-Soares
Share This !

Bernardino Soares acusou o primeiro-ministro e o Presidente da República de “suprema hipocrisia” e apelou ao partido que se insurja contra a propaganda das “falsas inevitabilidades”.

“Andam a tentar convencer-nos de que para travar a inflação a única solução é o aumento das taxas de juro, provocando recessão, provocando o aumento do desemprego. É a mais pura cartilha do capitalismo”, sustentou Bernardino Soares, na Conferência Nacional do partido, em Corroios, concelho do Seixal.

E depois apontou ao primeiro-ministro e ao Presidente da República: “Ouvimos recentemente Marcelo e Costa a suplicar ao Banco Central Europeu que não continue o aumento das taxas. São votos pios e de suprema hipocrisia de quem participou na entrega da soberania do país à União Europeia.”

Esta política não é a de contenção de inflação“, sustentou o membro do Comité Central do PCP, mas a de “aproveitar a inflação para concentrar ainda mais a riqueza nos mesmos de sempre”.

O governador do Banco de Portugal e antigo ministro das Finanças socialista no tempo da ‘geringonça’, Mário Centeno, também foi criticado por Bernardino Soares, pela sua declaração “angelical” sobre a necessidade de “uma estratégia mais conservadora dos lucros” e de haver “contenção dos salários”.

“Podem dar as voltas que quiserem, mas o que é essencial é o aumento dos salários”, sustentou o antigo presidente da Câmara de Loures.

Tudo o resto é uma “propaganda de mentira”, por isso, apelou a todos os militantes comunistas que se insurjam contra as “falsas inevitabilidades”. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Empresários da construção na seca de investimento público
construcao

Em Abril, a produção do sector da construção caiu 21,5%, face a mesmo mês de 2012, com a engenharia civil a cair 22,6%, diz a Associação de Empresas de Construção Read more

Governo não vai conseguir o corte na despesa
joao ferreira amaral

video - Governo não vai conseguir cortar os 4,7 mil milhões de euros na despesa e defende uma saída do Euro para Portugal, sublinhou Ferreira do Amaral O economista João Read more

Eurogrupo admite mais apoios para Portugal
EuroGrupo

O presidente do Eurogrupo admitiu hoje que poderão vir a ser consideradas medidas de apoio complementares a Portugal e Irlanda para ajudar estes dois países a saírem dos programas de Read more

Equador renuncia a acordo aduaneiro com os EUA devido ao caso Snowden
Ricardo Patino

O Equador anunciou, que renuncia ao pacto aduaneiro com os EUA, que lhe valia tarifas preferenciais, denunciando o acordo como uma "instrumento de chantagem" num momento em que o Governo Read more

Troika duvida do plano de cortes na despesa do Estado português
troika em portugal

A Troika deixou ontem Lisboa com dúvidas sobre o plano de cortes na despesa do Estado. Este é o balanço dos trabalhos realizados nos últimos cinco dias na capital portuguesa. Read more

Portugal deve deixar clara determinação em prosseguir o programa de ajustamento
Durão Barroso

Durão Barroso sublinhou, em Vilnius, a importância de Portugal continuar a mostrar a mesma determinação na implementação do programa de ajustamento, advertindo que os mercados reagem com nervosismo a qualquer Read more