• Qua. Mar 3rd, 2021

Comissão de Bruxelas tem dúvidas sobre proposta de Orçamento português

Comissão Europeia

A Comissão Europeia quer saber, até sexta-feira, por que é que o Governo pretende reduzir o défice estrutural em 0,2 pontos percentuais, um terço do recomendado em julho, segundo uma carta enviada hoje ao Ministério das Finanças.

“Estamos a escrever-lhe para perceber por que é que Portugal planeia uma redução défice estrutural em 2016 muito abaixo do recomendado pelo Conselho Europeu em julho”, afirmam os comissários europeus dos Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, e do Euro, Valdis Dombrovskis, na carta enviada hoje e divulgada pelo Ministério das Finanças.

Na missiva, que é dirigida ao ministro das Finanças, Mário Centeno, os comissários europeus lembram que a 14 de julho o Conselho Europeu recomendou uma redução do défice estrutural, que exclui os efeitos do ciclo económico, de 0,6 pontos percentuais este ano.

Ora, o esboço do plano orçamental, enviado a Bruxelas e à Assembleia da República na passada sexta-feira, prevê uma redução do défice estrutural de 1,3% em 2015 para 1,1% este ano, ou seja, de apenas 0,2 pontos percentuais. (Ag.Lusa)

Facebook Comments
Finanças lembram o que vai mudar em 2021 para os portugueses com o OE2021
financas_joao-leao

Orçamento do Estado 2021: Um conjunto de alterações na vida dos cidadãos, lembra o Ministério das Finanças. A lei do Orçamento de Estado para 2021 foi hoje publicada em Diário Read more

Marcelo : Estado só pode injetar no Novo Banco valor previsto no Orçamento de Estado
marcelo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhou que o montante que o Estado pode injetar no Novo Banco em 2020 está definido no Orçamento para o próximo ano Read more

Bruxelas diz que últimas propostas do Governo vão no bom sentido
mario centeno

O comissário europeu dos Assuntos Económicos disse hoje que as mais recentes propostas do Governo português, no quadro das discussões sobre o plano orçamental para 2016, "vão no bom sentido", Read more

Comissão Europeia considera ajudas à SATA ilegais e obriga a devolver, diz governo açoriano
SATA-09-12-2020

Bruxelas considerou que os aumentos de capital realizados na SATA foram ilegais, tendo a empresa de devolver à região 73 milhões de euros, o secretário das Finanças do Governo dos Read more

Show Buttons
Hide Buttons