• Ter. Dez 6th, 2022

Endividamento da economia portuguesa atinge para os 740 mil milhões de euros

divida-pt
Share This !

O endividamento do setor não financeiro agravou-se em 4,6 mil milhões de euros em julho para atingir os 740 mil milhões de euros, regressando a um valor muito próximo ao recorde alcançado em maio, segundo dados divulgados.

De acordo com as informações divulgadas pelo Banco de Portugal, em julho, o endividamento do setor não financeiro situou-se em 740 mil milhões de euros, dos quais 331,4 mil milhões de euros respeitavam ao setor público e 408,6 mil milhões de euros ao setor privado.

Relativamente a junho de 2020, o endividamento do setor não financeiro aumentou 4,6 mil milhões de euros.

“Este aumento deveu-se aos acréscimos de 3,9 mil milhões de euros do endividamento do setor público e de 0,7 mil milhões de euros do endividamento do setor privado”, refere.

O incremento do endividamento do setor público refletiu-se, segundo o BdP, sobretudo, no crescimento do endividamento face ao exterior (2,7 mil milhões de euros), face ao setor financeiro (1,7 mil milhões de euros) e face às empresas (0,4 mil milhões de euros).

Estes aumentos foram parcialmente compensados pela redução do endividamento perante as próprias administrações públicas, no montante de 1,1 mil milhões de euros.

No setor privado, o endividamento das empresas aumentou 0,5 mil milhões de euros.

Este crescimento resultou sobretudo da subida do endividamento face ao setor financeiro (em 0,8 mil milhões de euros), que foi parcialmente compensada pela redução do endividamento face ao exterior (de 0,3 mil milhões de euros), sinaliza também o BdP.

O endividamento dos particulares perante o setor financeiro registou, por sua vez, um acréscimo de 0,2 mil milhões de euros.

Em julho, a taxa de variação anual do endividamento total das empresas privadas foi de 4%, mais 0,1 pontos percentuais do que o verificado no mês anterior, enquanto a dos particulares aumentou 0,2 pontos percentuais para 0,7%, acrescentou.
(Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Empresários da construção na seca de investimento público
construcao

Em Abril, a produção do sector da construção caiu 21,5%, face a mesmo mês de 2012, com a engenharia civil a cair 22,6%, diz a Associação de Empresas de Construção Read more

Governo não vai conseguir o corte na despesa
joao ferreira amaral

video - Governo não vai conseguir cortar os 4,7 mil milhões de euros na despesa e defende uma saída do Euro para Portugal, sublinhou Ferreira do Amaral O economista João Read more

Eurogrupo admite mais apoios para Portugal
EuroGrupo

O presidente do Eurogrupo admitiu hoje que poderão vir a ser consideradas medidas de apoio complementares a Portugal e Irlanda para ajudar estes dois países a saírem dos programas de Read more

Equador renuncia a acordo aduaneiro com os EUA devido ao caso Snowden
Ricardo Patino

O Equador anunciou, que renuncia ao pacto aduaneiro com os EUA, que lhe valia tarifas preferenciais, denunciando o acordo como uma "instrumento de chantagem" num momento em que o Governo Read more

Troika duvida do plano de cortes na despesa do Estado português
troika em portugal

A Troika deixou ontem Lisboa com dúvidas sobre o plano de cortes na despesa do Estado. Este é o balanço dos trabalhos realizados nos últimos cinco dias na capital portuguesa. Read more

Portugal deve deixar clara determinação em prosseguir o programa de ajustamento
Durão Barroso

Durão Barroso sublinhou, em Vilnius, a importância de Portugal continuar a mostrar a mesma determinação na implementação do programa de ajustamento, advertindo que os mercados reagem com nervosismo a qualquer Read more