• Sáb. Out 1st, 2022

Iniciativa Liberal culpa Antonio Costa por ter aceitado “sovietização” da Saúde em 2015

IL-06-06-2022

A Iniciativa Liberal (IL) responsabilizou, esta sexta-feira, o primeiro-ministro pelos constrangimentos no Serviço Nacional de Saúde (SNS). Para além disso, os responsáveis do partido consideraram que os últimos acontecimentos nos serviços de urgência dos hospitais públicos são “o colapso” do SNS.

“O que assistimos na última semana com o encerramento de urgências dos hospitais um pouco por todo o país é O COLAPSO DO SNS. A máquina de propaganda do PS não o consegue disfarçar. É o colapso do SNS e o responsável é António Costa”, escreveram os liberais no Twitter.

Os responsáveis pela IL recordam ainda na publicação a coligação feita, em 2015, pelos socialistas, bloquistas e comunistas – estes últimos amplamente criticados nas últimas semanas devido às declarações quanto à guerra na Ucrânia.

António Costa em 2015 aceitou a sovietização da Saúde como condição para a geringonça. Agora estão os portugueses a pagar.

Marta Temido era uma técnica independente com conhecimentos de Saúde e agora é uma militante socialista apparatchik. Competência não é popularidade.

“António Costa em 2015 aceitou a sovietização da Saúde como condição para a geringonça. Agora estão os portugueses a pagar”, sublinha, acrescentando que a ministra da Saúde, Marta Temido, era, na altura, “uma técnica independente com conhecimentos de Saúde e agora é uma militante socialista apparatchik [funcionária do regime soviético]”. “Competência não é popularidade”, escrevem.

Na publicação a IL refere ainda que Portugal é “um dos países onde há mais pessoas a pagar seguro de saúde”, assegurando que isto acontece porque “o SNS deixou de responder”.

“Este ano vamos gastar mais 4600 milhões de euros no SNS do que gastámos em 2015, é muito até para o PS, e o SNS está em colapso. O problema não é de dinheiro, é de concepção e de competência na gestão”, rematam. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Empresários da construção na seca de investimento público
construcao

Em Abril, a produção do sector da construção caiu 21,5%, face a mesmo mês de 2012, com a engenharia civil a cair 22,6%, diz a Associação de Empresas de Construção Read more

Governo não vai conseguir o corte na despesa
joao ferreira amaral

video - Governo não vai conseguir cortar os 4,7 mil milhões de euros na despesa e defende uma saída do Euro para Portugal, sublinhou Ferreira do Amaral O economista João Read more

Eurogrupo admite mais apoios para Portugal
EuroGrupo

O presidente do Eurogrupo admitiu hoje que poderão vir a ser consideradas medidas de apoio complementares a Portugal e Irlanda para ajudar estes dois países a saírem dos programas de Read more

Equador renuncia a acordo aduaneiro com os EUA devido ao caso Snowden
Ricardo Patino

O Equador anunciou, que renuncia ao pacto aduaneiro com os EUA, que lhe valia tarifas preferenciais, denunciando o acordo como uma "instrumento de chantagem" num momento em que o Governo Read more

Show Buttons
Hide Buttons