• Sex. Dez 2nd, 2022

Partido PSD quer ouvir presidente da TAP no Parlamento com urgência

TAP-06-12-2020
Share This !

O PSD justificam o pedido de explicações por os apoios à TAP aprovados em 2021 em Bruxelas envolverem “um auxílio do Estado autorizado de 3,2 mil milhões de euros”.

Os sociais-democratas, pediram esta, a audição parlamentar urgente da presidente da TAP, Christine Ourmières-Widener, para explicar a situação económico-financeira da empresa e as suas opções de rotas, nomeadamente no Norte do país.

Num requerimento dirigido ao presidente da Comissão de Economia, Obras Públicas e Habitação e Planeamento, o social-democrata Afonso Oliveira, o PSD salienta que a transportadora aérea “vem acumulando resultados negativos desde 2018, situação que se agravou durante a pandemia”.

Os sociais-democratas justificam o pedido de explicações por os apoios à TAP aprovados em 2021 em Bruxelas envolverem “um auxílio do Estado autorizado de 3,2 mil milhões de euros”, que consideram ser “um peso muito expressivo na mobilização de recursos públicos”.

Por outro lado, os deputados do PSD referem que a TAP registou “um prejuízo de quase 1.600 milhões de euros em 2021, o que equivale a cerca de 4,3 milhões de euros por dia”, que a empresa foi a principal beneficiária dos apoios de ‘lay-off’ atribuídos pelo Estado às empresas durante a pandemia e, segundo notícias recentes, “estará a contratar 250 tripulantes para responder ao aumento da procura esperado para o verão, os quais antes dispensara no âmbito da reestruturação”.

“A empresa alterou, de forma incompreensível, a prioridade das suas rotas, nomeadamente a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, eliminando alguns dos voos com prejuízos evidentes para toda a região norte”, critica ainda o PSD, no requerimento assinado pelos deputados Paulo Rios de Oliveira, António Topa Gomes e Márcia Passos.

O PSD considera que, “sendo a situação económica e financeira da TAP um motivo de natural interesse e preocupação para todos os portugueses”, justifica-se “a comparência urgente” na comissão parlamentar da presidente da Comissão Executiva da TAP.

De acordo com a proposta de Orçamento Estado apresentada na quarta-feira, o Governo mantém a previsão de injetar este ano até 990 milhões de euros na TAP.

A TAP teve um prejuízo de quase 1.600 milhões de euros no ano passado, apesar do aumento do número de passageiros transportados e das receitas relativamente ao ano anterior, segundo comunicou a empresa, esta segunda-feira.

Na informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a transportadora aérea nacional explica que registou custos não recorrentes de 1.024,9 milhões — por exemplo, com o encerramento das operações de manutenção no Brasil — que tiveram impacto nos resultados. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Empresários da construção na seca de investimento público
construcao

Em Abril, a produção do sector da construção caiu 21,5%, face a mesmo mês de 2012, com a engenharia civil a cair 22,6%, diz a Associação de Empresas de Construção Read more

Governo não vai conseguir o corte na despesa
joao ferreira amaral

video - Governo não vai conseguir cortar os 4,7 mil milhões de euros na despesa e defende uma saída do Euro para Portugal, sublinhou Ferreira do Amaral O economista João Read more

Eurogrupo admite mais apoios para Portugal
EuroGrupo

O presidente do Eurogrupo admitiu hoje que poderão vir a ser consideradas medidas de apoio complementares a Portugal e Irlanda para ajudar estes dois países a saírem dos programas de Read more

Equador renuncia a acordo aduaneiro com os EUA devido ao caso Snowden
Ricardo Patino

O Equador anunciou, que renuncia ao pacto aduaneiro com os EUA, que lhe valia tarifas preferenciais, denunciando o acordo como uma "instrumento de chantagem" num momento em que o Governo Read more

Troika duvida do plano de cortes na despesa do Estado português
troika em portugal

A Troika deixou ontem Lisboa com dúvidas sobre o plano de cortes na despesa do Estado. Este é o balanço dos trabalhos realizados nos últimos cinco dias na capital portuguesa. Read more

Portugal deve deixar clara determinação em prosseguir o programa de ajustamento
Durão Barroso

Durão Barroso sublinhou, em Vilnius, a importância de Portugal continuar a mostrar a mesma determinação na implementação do programa de ajustamento, advertindo que os mercados reagem com nervosismo a qualquer Read more