• Ter. Jul 5th, 2022

PRR: Gestores temem falta de ética e transparência na gestão dos fundos da UE

fundos-europeus-PRR

A conclusão é de um barómetro que contou com a participação de 123 “altos quadros de empresas de referência a operar no mercado nacional”.

Apenas 11,4% dos gestores esperam uma execução ética e transparente dos fundos no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), de acordo com o barómetro ‘Corrupção e Transparência em Portugal’, divulgado esta sexta-feira.

“Apenas 11,4% dos inquiridos esperam uma intervenção ética, imparcial e transparente do Governo na atribuição dos apoios associados ao PRR – até hoje o maior pacote de ajuda financeira alguma vez concedido pela Comissão Europeia aos seus Estados-membros”, pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Este barómetro, sublinhe-se, contou com a participação de 123 “altos quadros de empresas de referência a operar no mercado nacional” e tem como objetivo de apurar qual o impacto da corrupção nas empresas portuguesas e qual a perceção dos gestores face à execução do atual.

As conclusões mostram que os obstáculos a uma execução transparente atribuem-se, sobretudo, a uma fiscalização insuficiente (82,1%) e intimamente relacionada com a corrupção na atribuição de fundos (73,1%), bem como a uma burocratização excessiva.

“Além disso, o presente estudo refere que uma má execução do PRR poderá significar um atraso na implementação de reformas estruturais para o país (74,8%), enquanto nas empresas se receia a perda de competitividade”, pode ainda ler-se no mesmo comunicado.

O estudo revela ainda que a corrupção é uma “preocupação premente para a maioria dos líderes empresariais portugueses”.

“De acordo com os dados apresentados, 67,5% dos inquiridos considera que a existência de corrupção é um fenómeno habitual nas empresas portuguesas, surgindo esta essencialmente sob a forma de tráfico de influências”, é referido. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Iniciativa Liberal propõe comissão no parlamento para acompanhar “aplicação do PRR”
Iniciativa-Liberal

O partido Iniciativa Liberal propôs a criação de uma Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), considerando "imprescindível o envolvimento" de todos os Read more

Marcelo e Procuradora-geral da República promete atuação empenhada para “prevenir fraude com fundos europeus”
fundos-europeus

O Presidente da República pediu a criação de mecanismos de prevenção da fraude e da corrupção e um consenso alargado na gestão dos fundos europeus, afirmando que seria intolerável um Read more

União Europeia valida os primeiros planos nacionais de recuperação em Lisboa e Madrid
Ursula-von-der-Leyen-

Bazuca: os primeiros planos de estímulo (fundos europeus) para os países do sul. A Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, está em Lisboa e depois em Madrid para Read more

O partido CDS acusa Governo de ocultar exigências europeias face ao PRR
Francisco-Rodrigues-Santos

Bazuca de Bruxelas: o presidente do CDS-PP acusou o Governo de ocultar dos portugueses as exigências e condições de Bruxelas face ao Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), considerando que Read more

Show Buttons
Hide Buttons