• Sáb. Out 1st, 2022

Vistos Gold: Investimento sobe 33% para 45,7 milhões de euros

vistos-gold

O investimento captado através dos vistos gold subiu 33% em agosto, face a igual período de 2017, para 45,7 milhões de euros, de acordo com os dados estatísticos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Em agosto, o investimento resultante da Autorização de Residência para a atividade de Investimento (ARI), como também são conhecidos os vistos ‘gold’, atingiu 45.697.573 euros, uma subida de 33% em termos homólogos (em 2017 o valor foi de 34.280.143,19 euros) e um aumento de 75% face a julho deste ano.

Em agosto, segundo os dados, foram concedidos 82 ARI: quatro por transferência de capital, uma pela criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho e 77 pela compra de imóveis. Um igual mês de 2017 tinham sido concedidos 58 vistos ‘gold’.

Do total de 77 vistos ‘dourados’ concedidos por via do critério da aquisição de imóveis, 15 resultaram de compra de imóveis para reabilitação urbana.

Desde a atribuição do primeiro visto para reabilitação urbana, em julho de 2016, foram concedidos 186 vistos ‘dourados’ mediante este requisito.

Nos primeiros oito meses do ano, o investimento captado através deste instrumento totalizou 555.843.001,98 euros, o que representa uma queda de 19,5% face a 2017.

Em termos acumulados — desde que os vistos ‘gold’ começaram a ser atribuídos, em 08 de outubro de 2012, até agosto último –, o investimento total captado ascende a 3.967.108.844,37 euros, dos quais 370.144.760,19 euros por via da transferência de capital e 3.596.964.084,18 euros pela aquisição de bens imóveis.

Desde a criação deste instrumento, que visa a captação de investimento, foram atribuídos 6.498 ARI: dois em 2012, 494 em 2013, 1.526 em 2014, 766 em 2015, 1.414 em 2016, 1.351 em 2017 e 945 em 2018.

Em termos acumulados, foram concedidos 6.141 vistos pelo requisito da aquisição de bens imóveis, 345 por transferência de capital, e 12 pela criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho.

A China lidera a lista de ARI atribuídas (3.936 até agosto), seguida do Brasil (581), África do Sul (259), Turquia (236) e Rússia (227).

As novas regras para a obtenção de vistos ‘gold’, que alargaram os critérios de investimento para cidadãos fora da União Europeia a áreas como reabilitação urbana e ciência, entre outras, entraram em vigor em 03 de setembro de 2015.

Desde 2013 foram atribuídas 11.023 autorizações de residência a familiares reagrupados: 576 em 2013, 2.395 em 2014, 1.322 em 2015, 2.344 em 2016, 2.678 em 2017 e 1.708 em 2018. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Empresários da construção na seca de investimento público
construcao

Em Abril, a produção do sector da construção caiu 21,5%, face a mesmo mês de 2012, com a engenharia civil a cair 22,6%, diz a Associação de Empresas de Construção Read more

Governo não vai conseguir o corte na despesa
joao ferreira amaral

video - Governo não vai conseguir cortar os 4,7 mil milhões de euros na despesa e defende uma saída do Euro para Portugal, sublinhou Ferreira do Amaral O economista João Read more

Eurogrupo admite mais apoios para Portugal
EuroGrupo

O presidente do Eurogrupo admitiu hoje que poderão vir a ser consideradas medidas de apoio complementares a Portugal e Irlanda para ajudar estes dois países a saírem dos programas de Read more

Equador renuncia a acordo aduaneiro com os EUA devido ao caso Snowden
Ricardo Patino

O Equador anunciou, que renuncia ao pacto aduaneiro com os EUA, que lhe valia tarifas preferenciais, denunciando o acordo como uma "instrumento de chantagem" num momento em que o Governo Read more

Show Buttons
Hide Buttons