• Qua. Nov 25th, 2020

Brexit: Donald Trump recomenda uma saída sem acordo e sem pagar

O Presidente norte-americano, Donald Trump, voltou a envolver-se no debate do ‘Brexit’, recomendando ao Reino Unido que abandone a União Europeia (UE) sem acordo, na véspera de uma visita de estado de três dias ao país.

Para o dirigente dos Estados Unidos, o futuro sucessor de Theresa May à frente do governo britânico devia simplesmente parar de discutir e “bater com a porta” do bloco europeu, sem pagar a fatura do divórcio estabelecida no acordo feito com Bruxelas em novembro.

“Se não obtém o acordo que querem, eu abandonaria” a mesa de negociações, disse Trump numa entrevista ao Sunday Times.

“Se fosse eles, não pagaria os 50 mil milhões de dólares”, adiantou, numa referência ao pagamento dos compromissos do Reino Unido no quadro do orçamento europeu plurianual em curso (2014-2020), cujo montante é calculado por Londres entre 40 e 45 mil milhões de euros.

O Presidente norte-americano considerou ainda que Londres tinha cometido um “erro” não envolvendo Nigel Farage nas negociações com Bruxelas.



Ex-chefe do partido eurocético UKIP (Partido da Independência do Reino Unido), Farage é atualmente líder do Partido do Brexit, que venceu as recentes eleições europeias.

Meetic

“Gosto muito do Nigel. Ele tem muito para dar”, declarou Trump.

As declarações seguem-se a outras pouco diplomáticas divulgadas no sábado pelo jornal The Sun, em que Trump reitera críticas ao modo como Theresa May negociou o ‘Brexit’, considerando que os europeus “nada tinham a perder” porque a primeira-ministra demissionária britânica lhes “deixou todas as cartas” na mão.

Também manifestou o seu apoio ao ex-ministro dos Negócios Estrangeiros Boris Johnson para suceder a May, que abandonará as suas funções no próximo dia 7.

Foi justamente para evitar uma saída sem acordo que o governo conservador de Theresa May adiou a data do ‘Brexit’ – inicialmente prevista para 29 de maio – para 31 de outubro, depois do acordo que fez com Bruxelas ter sido rejeitado três vezes pelos deputados britânicos.

Facebook Comments
Governo britânico disposto a pagar até 40 mil milhões de euros pela saída da UE

O Governo britânico está pronto a pagar 36.000 milhões de libras (40.000 milhões de euros) a Bruxelas pela fatura de abandonar a União Europeia (UE), segundo revela este domingo o Read more

Reino Unido sai da União Europeia e David Cameron vai demitir-se

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair da União Europeia no referendo de quinta-feira, indicam os dados conhecidos até agora, quando faltam apurar quatro círculos eleitorais que Read more

Cinco pontos para lembrar a eleição presidencial dos EUA

Poucos dias após a eleição presidencial americana, cuja vitória foi atribuída pela mídia a Joe Biden, retornou em cinco figuras-chave em uma votação extraordinária. Embora os resultados oficiais e finais Read more

EUA: Joe Biden diz que é tempo de sarar e de tornar a América respeitada

Joe Biden, dado o vencedor pelas mídias do outro lado do Atlântico, prometeu em um discurso, que queria ser o presidente que une a América, celebrando 'uma vitória convincente' sobre Read more

Show Buttons
Hide Buttons