• Sáb. Mar 6th, 2021

Julien Assange pede a Londres e Estocolmo que apliquem decisão da ONU

ByTeam

Fev 5, 2016 ,
Julian Assange

Julian Assange pediu ao Reino Unido e à Suécia para aplicarem a decisão de um grupo de trabalho da ONU que considerou a sua detenção arbitrária e apelou para a sua libertação.

“Cabe agora à Suécia e ao Reino Unido aplicar o veredicto”, disse o fundador do Wikileaks num encontro com a imprensa através de vídeo-conferência em Londres.

Assange está refugiado desde junho de 2012 na embaixada do Equador em Londres por receio de ser extraditado para a Suécia, onde foi acusado de violação, e daí para os Estados Unidos, que o querem julgar pela divulgação de milhares de documentos confidenciais.

A posição do grupo de trabalho da ONU, que considerou a detenção arbitrária e pediu a libertação e o pagamento de indemnizações a Assange, foi recusado por Londres e por Estocolmo.

A decisão foi “uma vitória significativa que me fez sorrir”, disse Assange, acrescentando que a decisão da ONU é “legalmente vinculativa.

Um porta-voz da ONU, Xavier Celaya, afirmou que “a decisão em si não é vinculativa, mas é-o indiretamente”: Os países “não têm obrigações para com o grupo de trabalho, mas têm em relação às convenções, às suas próprias leis e compromissos… pelo que a decisão é indiretamente vinculativa”.

Questionado sobre a reação do ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Philip Hammond, que considerou a decisão da ONU “ridícula”, Julian Assange disse considerar esse comentário “abaixo do nível que um ministro dos Negócios Estrangeiros deve usar”.

Facebook Comments
WikiLeaks acusa CIA de incompetência devastadora
Julian Assange

O fundador do WikiLeaks, Julien Assange, acusou a CIA de "incompetência devastadora" por ter armazenado num único "sítio" informações sensíveis. "Trata-se de um ato de incompetência devastadora ter criado semelhante Read more

EUA: Pressão sobre a China vai continuar com administração de Joe Biden
JoeBiden-26-01-2021

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, vai manter a pressão sobre o país asiático, não é imediatamente, mas vai fazê-lo. Biden parece determinado a abordar as queixas sobre as práticas Read more

A União Europeia condena detenção de opositor russo e exige libertação
ursula-von-der-leyen

Ursula von der Leyen critica a detenção do opositor russo Alexei Navalny e exige a sua libertação imediata e "a sua segurança" bem como uma investigação ao seu envenenamento. A Read more

Papa Francisco anuncia que se vai vacinar e critica oposicionistas da vacina
papa-francisco-09-01-2021

O Papa anunciou que será vacinado contra a covid-19 na próxima semana e criticou os que se opõem às vacinação dizendo que refletem uma "negação suicida". "Na próxima semana começaremos Read more

Show Buttons
Hide Buttons