• Ter. Jul 5th, 2022

Parlamento britânico chumbou novamente o acordo de saida com 391 votos contra

Teresa-May

O parlamento britânico voltou a chumbar o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia (UE), com 391 votos contra e 242 votos a favor.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, não conseguiu fazer passar o acordo apesar dos três documentos adicionados segunda-feira que o Governo considerava terem as alterações necessárias para conseguir uma maioria de deputados favorável.

Além do Acordo de Saída e da Declaração Política sobre as relações futuras, foram votados hoje três novos documentos que só foram finalizados ao final do dia de segunda-feira em Estrasburgo pela primeira-ministra britânica, Theresa May, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

O Acordo de Saída negociado com Bruxelas foi submetido ao parlamento britânico pela segunda vez, depois de ter sido chumbado em janeiro por uma margem de 230 votos, incluindo 118 de deputados do partido do Governo, o partido Conservador.

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Governo britânico disposto a pagar até 40 mil milhões de euros pela saída da UE
brexit

O Governo britânico está pronto a pagar 36.000 milhões de libras (40.000 milhões de euros) a Bruxelas pela fatura de abandonar a União Europeia (UE), segundo revela este domingo o Read more

Vladimir Putin diz que UE comete “suicídio económico” ao vetar energia russa
Vladimir-Putin

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, descreveu hoje como "suicídio económico" a política da União Europeia (UE) em matéria energética, referindo-se ao possível embargo ao gás e petróleo russos como Read more

França : Elisabeth Borne sucede a Jean Castex como primeira-ministra
Elisabeth-Borne

O chefe do governo demitiu-se esta segunda-feira, depois de Macron ter sugerido uma remodelação no executivo após a sua vitória nas presidenciais. Borne torna-se na primeira mulher a ocupar o Read more

Emmanuel Macron diz ter “consciência” dos desafios do seu novo mandato
Emmanuel-Macron

O Presidente da República francês, Emmanuel Macron, tomou hoje posse no Palácio do Eliseu, afirmando que tem "consciência" dos desafios do seu segundo mandato e que vai agir "sem descanso" Read more

Show Buttons
Hide Buttons