• Ter. Jul 5th, 2022

Presidente checo reiterou a recusa de acolher migrantes muçulmanos

Milos Zeman

Milos Zeman na sua mensagem de Natal difundida a sua recusa em acolher “migrantes muçulmanos” na República Checa e acusou a liderança da UE de “impotência e burocracia”.

“Acolher migrantes muçulmanos, difíceis de integrar no nosso território, significaria criar um caldo de cultura [suscetível de provocar] eventuais ataques terroristas”, afirmou Zeman na sua mensagem difundida por diversas cadeias televisivas.

“Hoje quase ninguém duvida de uma ligação entre a vaga migratória e os ataques terroristas”, acrescentou Zeman, eleito para a chefia do Estado no início de 2013.

“Por esse motivo oponho-me à ideia pela qual seria bom acolher nos próximos dois anos no nosso território cerca de 6.200 migrantes através de uma designada base voluntária, que é quase o mesmo que quotas obrigatórias”, acrescentou.

Zeman pronunciou-se antes por uma “ajuda aos migrantes no seu país de origem ou em países vizinhos”, e ainda por um apoio à Itália e Grécia, países “que enfrentam a vaga migratória”.

Na sua mensagem natalícia, o chefe de Estado checo também não deixou de fustigar a “atual direção da União Europeia [UE] “, nomeadamente sobre a saída do Reino Unido da UE.

“A maior parte da responsabilidade [do Brexit] incumbe à atual direção da UE que é absolutamente impotente e burocrática, que está na origem do afastamento dos cidadãos das instituições da UE e que inclusive é incapaz de garantir uma tarefa fundamental, que é a sua, a proteção da fronteira exterior da UE”, assinalou ainda o Presidente checo.

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
França vai limitar entrada de imigrantes económicos
migrantes

França vai continuar a acolher refugiados mas vai limitar a entrada de imigrantes económicos, afirmou o ministro do Interior francês, Gérard Collomb, numa entrevista publicada hoje. "França deve acolher os Read more

Centenas de milhares de migrantes na Líbia estão à espera de entrar na Europa
migrantes e refugiados

O ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian, disse hoje que cerca de 800 mil migrantes estão na Líbia, à espera de poderem atravessar para a Europa. Numa entrevista à Read more

Crise dos refugiados na Europa em 2015
migrantes e refugiados

Um milhão de migrantes chegou desde janeiro 2015 à Europa, sobretudo através do mar Mediterrâneo, naquele que é o maior fluxo migratório desde a II Guerra Mundial. O Alto Comissariado Read more

Emmanuel Macron diz ter “consciência” dos desafios do seu novo mandato
Emmanuel-Macron

O Presidente da República francês, Emmanuel Macron, tomou hoje posse no Palácio do Eliseu, afirmando que tem "consciência" dos desafios do seu segundo mandato e que vai agir "sem descanso" Read more

Show Buttons
Hide Buttons