Presidente Eurogrupo diz que lamentavelmente não há acordo à vista com a Grécia

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse, no Luxemburgo, que “não há ainda qualquer acordo à vista” com a Grécia, pois, “lamentavelmente”, foram muito poucos os progressos registados nas negociações entre Atenas e as instituições.

Falando no final de uma reunião do Eurogrupo, dominada pelo impasse nas negociações com a Grécia, Dijsselbloem apontou que “resta pouco tempo”, pois o atual programa de assistência à Grécia expira a 30 de junho, mas disse que “ainda é possível alcançar um acordo”, desde que a Grécia apresente, finalmente, propostas consideradas “credíveis” pelos seus parceiros e credores, o que não sucedeu também hoje.

Segundo o presidente do fórum de ministros das Finanças da zona euro, “a bola está do lado da Grécia” e é às autoridades gregas que cabe “apresentar novas propostas nos próximos dias”, mas que devem ser “credíveis” e no quadro do acordo estabelecido entre Atenas e os seus parceiros no Eurogrupo de 20 de fevereiro, quando foi decidido prolongar o programa à Grécia por mais quatro meses, que estão prestes a chegar ao fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.