• Sex. Set 24th, 2021

Bruxelas admite levantar suspensão de fundos se o Governo ‘se portar bem’

Bruxelas parlamento

O comissário europeu dos Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, afirmou que a Comissão Europeia pode levantar a suspensão dos fundos estruturais se o Governo português cumprir as metas orçamentais e apresentar finanças saudáveis.

Numa entrevista aos jornalistas portugueses em Bruxelas, Pierre Moscovici defendeu que a Europa não é punitiva, mas sim a favor dos “incentivos” e salientou que a Comissão Europeia pode levantar a suspensão parcial dos fundos estruturais se houver “um respeito total pelos compromissos” europeus.

Moscovici salientou ainda que ao contrário da multa, que a Comissão Europeia tinha algum espaço de manobra para cancelar, a suspensão de fundos estruturais é automática e Bruxelas é obrigada a apresentar uma proposta.

Mas, acrescentou, a suspensão pode ser levantada se Bruxelas concluir que Portugal tomou “ações efetivas” para garantir o cumprimento dos seus compromissos.

Facebook Comments
A Comissão Europeia dá dois meses a Portugal para transpor diretiva anti-lavagem de dinheiro
Comissão Europeia

Portugal tem agora dois meses para responder a processo imposto pela Comissão Europeia relativo a transposição incorreta para a legislação nacional das regras europeias contra a lavagem de dinheiro. A Read more

Comissão Europeia reitera que “investigação a apoios públicos à SATA continua”
sata-acores

Bruxelas reiterou que a investigação aos apoios públicos à SATA "está em curso" e não tem ainda fim à vista, apesar de o executivo açoriano já assumir como certa a Read more

A União Europeia condena detenção de opositor russo e exige libertação
ursula-von-der-leyen

Ursula von der Leyen critica a detenção do opositor russo Alexei Navalny e exige a sua libertação imediata e "a sua segurança" bem como uma investigação ao seu envenenamento. A Read more

Comissão Europeia considera ajudas à SATA ilegais e obriga a devolver, diz governo açoriano
SATA-09-12-2020

Bruxelas considerou que os aumentos de capital realizados na SATA foram ilegais, tendo a empresa de devolver à região 73 milhões de euros, o secretário das Finanças do Governo dos Read more

Show Buttons
Hide Buttons