• Sex. Jan 15th, 2021

Catarina Martins acusa Antonio Costa de fazer o mesmo que Passos sobre sistema financeiro

catarina martins

A coordenadora do BE, Catarina Martins, acusou António Costa de usar os votos no PS em 2015 para fazer “sobre o sistema financeiro exatamente o mesmo que fez Passos Coelho, limpar bancos com o dinheiro de todos”.

No comício comemorativo dos 20 anos do BE, que decorreu em Lisboa, Catarina Martins recordou que o partido, ao longo destas duas décadas, fez “inimigos poderosos” numa elite financeira que “se incomoda” com a presença bloquista.

“Essa elite teve no Partido Socialista um aliado ao longo desta legislatura porque sabemos hoje que se cada voto à esquerda protegeu as pensões e os salários, também sabemos que cada voto no Partido Socialista em 2015 foi usado por António Costa para fazer sobre o sistema financeiro exatamente o mesmo que fez Passos Coelho”, condenou.

Esta comparação entre o primeiro-ministro atual e o anterior prende-se com o facto de António Costa, segundo a líder bloquista, “limpar bancos com o dinheiro de todos e entregá-los limpos ao negócio de alguns”.

“Já percebemos nestes anos porque insistem em manter Carlos Costa como Governador. Não é pela sua competência, mas pelas suas costas largas, que muito jeito têm dado a PSD e PS”, criticou. (Ag.Lusa)

Meetic

Facebook Comments
Bloco de Esquerda quer referendo à UE se houver sanções de Bruxelas contra Portugal
catarina martins

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, disse hoje que se a Comissão Europeia avançar com sanções contra Portugal por défice excessivo o partido colocará na agenda um Read more

BE apresenta na próxima semana pacote legislativo sobre offshores
catarina martins

A porta-voz do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, indicou que o partido irá apresentar na próxima semana um pacote legislativo em torno das 'offshores', com a praça financeira da Read more

CGD, BCP, BPI e Santander Totta fecham 2018 com menos 1.071 trabalhadores e 254 balcões
economia

A Caixa Geral de Depósitos (CGD), o Santander Totta, o BPI e o BCP reduziram em 2018 o número de trabalhadores em 1.071 e o de agências em 254. Os Read more

Mais de 1.300 trabalhadores saíram dos principais bancos
Empresas tecnológicas

Mais de 1.300 trabalhadores saíram entre janeiro e setembro dos cinco principais bancos que operam em Portugal e pelo menos mais 500 ainda sairão até ao início de 2018, segundo Read more

Show Buttons
Hide Buttons