• Sáb. Dez 4th, 2021

Francisco Rodrigues dos Santos, o novo líder do CDS ?

cds-francisco-rodrigues-santos

Francisco Rodrigues dos Santos, que vai ser hoje eleito líder do CDS, é advogado, era o mais jovem dos candidatos, e fez um percurso ligado à Juventude Popular (JP), de que é presidente desde 2015, e é admirador de Churchill.

Foi notícia em 2018 quando a revista “Forbes” o considerou um dos “30 jovens mais brilhantes, inovadores e influentes da Europa” na categoria Direito e Política e entrou na lista “30 under 30”, dos trinta com menos 30 anos, pelo trabalho desenvolvido enquanto líder da JP, ultrapassando os 20.000 filiados.

A moção de estratégia global de Francisco Rodrigues dos Santos ao 28.º Congresso, que termina hoje em Aveiro, obteve a maioria dos votos dos delegados, e será hoje eleito presidente da Comissão Política Nacional.

Quase dois anos passaram e Francisco Rodrigues dos Santos tem hoje 31 anos. Desde então foi candidato a deputado pelo Porto – ficou à porta de São Bento — e lançou-se numa candidatura à liderança do partido, sendo o último a entrar na corrida, depois de abel Matos Santos, que o apoia, João Almeida, Filipe Lobo d’Ávila e Carlos Meira.

Francisco Rodrigues dos Santos nasceu em Coimbra em 29 de setembro de 1988 e estudou no Colégio Militar, em Lisboa, antes de se formar em Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Filiou-se na JP em 2007 e no partido em 2011, era Paulo Portas presidente dos centristas. E no partido e na “jota” que começa a ser conhecido por “Chicão” e pelas suas posições conservadoras, contra a designação de casamento às uniões de pessoas do mesmo sexo, e contra a despenalização do aborto, um “dossier” que não quis “desenterrar” na campanha interna para a liderança.

Com o PSD e CDS no Governo, em coligação, trabalhou no gabinete de Mota Soares, ministro da Solidariedade e Emprego, e fez um percurso como autarca, primeiro na junta de freguesia de Carnide, em Lisboa, e depois como deputado municipal pelo CDS, para que foi eleito em 2017.

Admirador da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher e do antigo presidente norte-americano Ronald Reagan, dois políticos conservadores, no dia em que admitiu candidatar-se, em 17 de outubro de 2019, citou uma frase de outro chefe de Governo do Reino Unido, também ele conservador, Winston Churchill: “O fracasso não é eterno, o sucesso não é definitivo, o que conta é coragem para continuar.”

Na história do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos não é o mais jovem a chegar à liderança.
Esse recorde, 29 anos, pertence ao ex-presidente Manuel Monteiro, que, numa entrevista ao Público, admitiu que simpatiza com as suas ideias e o apoiaria, se pudesse e já fosse de novo militante.

Aos delegados do 28.º congresso, depois de ter sido criticado por muitos, até pela sua juventude – “não se preocupem que com o tempo passa”, ironizou – apresentou-se como alguém em que se pode confiar: “Não adianta diabolizar-me.
O partido conhece-me, estive diariamente disponível. Eu amo o meu partido. Eu sou um filho do meu partido.”

Esta é a nova direita para Portugal.
Peço aos avós e aos pais que acreditem em mim como acreditam nos seus netos e filhos. Aos jovens, aos da geração acima e abaixo, acreditem no CDS em Portugal, porque Portugal precisa de nós”, pediu ainda.

Há ainda outro traço na sua vida: gosta de futebol e é sportinguista. A ponto de ter sido, até dezembro, aluyra em que se lançou na candidatura, vogal da direção do clube, sob a presidência de Frederico Varandas. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
“Negociatas” do PS são “indecentes e muitíssimo graves” diz o líder do CDS
Francisco-Rodrigues-Santos-16-05-2021

Francisco Rodrigues dos Santos, acusou o PS de fazer “negociatas indecentes e muitíssimo graves”. Aludindo à notícia da secretária de Estado do Ambiente que foi adjunta do ministr e tinha Read more

O partido do CDS não descarta acordo com o partido Chega pós-legislativas.
cds-pp-francisco-rodrigues-santos

Numa entrevista pelo Observador, o líder do CDS Rodrigues dos Santos reage a Mesquita Nunes e diz que "não se convocam por dá cá aquela palha". Quanto ao Chega, admite Read more

Líder do CDS acusa ministro Eduardo Cabrita de se ter transformado em “embaraço nacional”
cds-Francisco-Rodrigues-Santos

CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, insistiu na demissão do ministro da Administração Interna, acusando Eduardo Cabrita de se ter transformado "num embaraço nacional". "Que mais tem de acontecer para que Read more

O partido CDS vai pedir audição do presidente do Tribunal de Contas no parlamento
cds-Francisco-Rodrigues-Santos

O CDS-PP quer chamar ao parlamento o presidente cessante do Tribunal de Contas (TdC), disse o líder do CDS, alegando que o “primeiro-ministro e o Presidente da República assumiram posições Read more

Show Buttons
Hide Buttons