• Dom. Nov 29th, 2020

Ministro do Ambiente diz que Portugal não vai explorar lítio “a todo o custo”

O ministro do Ambiente, Matos Fernandes, afirmou que Portugal não vai explorar o lítio “a todo o custo”, mas que este é “absolutamente fundamental” para a descarbonização, razão pela qual o Governo vai avançar com uma avaliação estratégica.

O ministro do Ambiente disse que “há pessoas empenhadas em que não se explore o lítio em Portugal a todo o custo”, garantindo que Portugal não fará uma exploração desenfreada e sem regras.

“Nós não temos a perspetiva de explorar o lítio em Portugal a todo o custo, mas queremos fazê-lo”.

“A partir do momento em que o lítio ganhou uma dimensão tão estratégica, o Estado deixou de atribuir licenças e quisemos desenhar um concurso para um conjunto de locais onde há um grande potencial de exploração de lítio”, disse o governante. Esse estudo, precisou ainda, está a ser elaborado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC).

“Há vários locais, sentimos que devemos fazer uma avaliação estratégica. Temos pressa em explorar o lítio, mas a pressa não se conta em dias. Tudo será feita de acordo com as características dos territórios e sempre tendo em conta os valores ambientais”, frisou.

O Jornal de Notícias noticia que o Governo vai avançar com uma avaliação ambiental estratégica antes de abrir um concurso para exploração mineira e exploração de lítio em Portugal.

Ao mesmo diário, Matos Fernandes conta que as câmaras terão 50% dos “royalties”, ou seja, das contrapartidas financeiras que os privados pagarem ao Estado.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, em resposta à contestação sobre a exploração deste minério associado a baterias de veículos e equipamentos elétricos, e pedindo “confiança” no Governo, disse que “não deu uma única autorização para exploração”, explicando que as que existem beneficiam de licenças “antigas”. (Ag.Lusa)

Facebook Comments
“Agora, o partido PCP dita as leis neste país”

OE2021: A aprovação do Orçamento do Estado para 2021 foi o tema abordado Manuela Ferreira Leite, no seu habitual espaço de comentário no canal da TVI. Manuela Ferreira Leite considerou Read more

“Prepotência do Estado” para com Cidadãos, revela Relatório da Provedora

Opressor, prepotência, abuso, incompetência foram alguns dos adjetivos mais usados pelos deputados para descrever o retrato que o relatório anual da Provedora de Justiça faz da relação do Estado e Read more

“Vivemos uma espécie de intoxicação”. Como é que se pode saír disto?

Procuradoria Geral da República. Tribunal de Contas. Banco de Portugal... Em todas estas instituições o PS assegurou o controlo. De forma brutal às vezes. E todos os dias, em cargos Read more

Custa ver a facilidade com que se dá milhões ao Novo Banco e não há trocos para os lares

O economista António Bagão Félix diz que "Governo não chegará até ao fim" e critica todo o processo relativo ao Novo Banco e admite que lhe custa ver como há Read more

Show Buttons
Hide Buttons