O partido PNR entregou uma queixa na PGR contra o Livre, alegando que incita ao ódio no país

Segundo o jornal Expresso, o líder do PNR concorda com André Ventura : que também pediu a deportação “urgente e prioritária” de Joacine Katar-Moreira, e entregou uma queixa na PGR contra o partido Livre, alegando que incita ao ódio no país, “contra o homem branco” e a “civilização ocidental”.

“Deportação urgente” de Joacine. PNR e CHEGA alinhados.

Entre o Chega e o PNR já são vários os casos em que há alinhamento de posições e de agenda política.

À semelhança de André Ventura, também o líder do Partido Nacional Renovador (PNR) desafiou a deportação da deputada do Livre Joacine Katar Moreira.

José Pinto-Coelho sugeriu-o na terça-feira depois de se saber que o Livre pediu que o património das antigas colónias em museus possa ser devolvido às origens, segundo uma proposta de alteração do Orçamento do Estado para 2020.

“Devolvidos com muito gosto, mas era a estrangeira Katar, o Mamadou e tantos outros que estão cá a mais. Isso sim, é urgente e prioritário. Façam boa viagem”, escreveu José Pinto-Coelho ontem no Twitter.

O PNR foi ainda mais longe, tendo apresentado uma queixa no passado dia 31 de outubro na Procuradoria-Geral da República contra o partido Livre e associações anti-racistas, alegando que desrespeitaram os símbolos nacionais durante uma manifestação de apoio à deputada única e que incitam ao ódio no país, “contra o homem branco” e a “civilização ocidental”

Ventura propõe deportação de Joacine, Livre lamenta (e a deputada fica em silêncio…) André Ventura pede a deportação da deputada – que é portuguesa – numa reação à proposta de alteração do Orçamento do Estado apresentada pelo Livre, que pede que o património das ex-colónias expostos em museus seja devolvido às comunidades de origem… (Ler mais no Expresso)


One Response to O partido PNR entregou uma queixa na PGR contra o Livre, alegando que incita ao ódio no país

  1. Ricardo Jorge Bernardino diz:

    Biliões de US-dólares foram extorquidos aos portugueses ultramarinos. Imóveis, empresas, automóveis, bens financeiros, vidas de labuta durante séculos mas, por aqui, ninguém da esquerda cultural marxista se expressa, pedindo a devolução de tal enorme capital roubado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Show Buttons
Hide Buttons