• Sáb. Out 1st, 2022

Passos Coelho rejeita que Atenas tenha sido alvo de ameaças ou humilhação

ByTeam

Jul 13, 2015 ,
Pedro Passos Coelho

O primeiro-ministro Passos Coelho considerou que o acordo de princípio alcançado hoje com a Grécia, após uma maratona negocial em Bruxelas, é equilibrado e rejeitou a ideia de que Atenas tenha sido alvo de ameaças ou humilhação.

Numa conferência de imprensa no final de uma cimeira da zona euro que terminou hoje de manhã, ao cabo de 17 horas, com um compromisso sobre um terceiro resgate à Grécia em troca de uma série de condicionalidades, por muitos classificadas como “humilhantes” para Atenas… (Ref. mais)

Pedro Passos Coelho disse que não vê como possa ser encarado como uma humilhação uma nova ajuda de “quase mais 86 mil milhões de euros, mais do que Portugal recebeu num só programa”.

O primeiro-ministro português apontou que, entre financiamentos anteriores, à luz dos dois anteriores programas de assistência e de dívida perdoada, “a Grécia terá recebido e visto perdoados mais de 400 mil milhões de euros”, a que acrescerão agora 86 mil milhões de euros, pelo que tal só pode ser visto como “uma ação responsável e solidária” dos parceiros de Atenas.

Quanto ao fantasma de uma expulsão da Grécia da zona euro, o chamado “Grexit”, apontou que, de facto, “durante a reunião do Eurogrupo não deixou de se considerar a possibilidade de uma saída da Grécia da zona euro se um acordo não fosse encontrado”, mas considerou que tal não pode ser considerado uma ameaça, mas antes “uma constatação de uma consequência natural se não existisse um acordo”, já que, nesse caso, a Grécia “não teria condições de permanecer” no espaço monetário único. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Passos Coelho critica a troika
Pedro Passos Coelho

Pedro Passos Coelho insurgiu-se contra a manifestação pública de divergências entre as instituições da troika (FMI, Comissão Europeia e Banco Central Europeu). Falando à margem de uma visita à Feira Read more

Falta de condições para pagar subsídios
passos coelho subsidios

O primeiro-ministro disse hoje que os subsídios de férias as trabalhadores da Função Pública não vão ser pagos este mês porque "não há ainda condições para que [esse pagamento] pudesse Read more

Fim do euro seria um erro dramático sublinhou Cavaco Silva
CAVACO SILVA

O Presidente da República, Cavaco Silva, defende numa entrevista ao programa da SIC Notícias "Europa XXI", emitido hoje, confiar "muito na sobrevivência do euro" e considerou que seria "um erro Read more

Durão Barroso não fez nada na Comissão Europeia diz Ministra francesa
Durão Barroso

A Ministra do Comércio Externo francês, Nicole Bricq, considera que José Manuel Durão Barroso "não fez nada durante o mandato", na polémica das últimas semanas entre Paris e o presidente Read more

Show Buttons
Hide Buttons