Portugal pretende retomar relação política com Cuba

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Campos Ferreira, visita na próxima semana Cuba, país com o qual Portugal quer retomar a relação política, anunciou à Lusa fonte do ministério dos Negócios Estrangeiros.

Durante a deslocação de Campos Ferreira, entre os dias 24 e 26, Portugal e Cuba assinarão um memorando de entendimento para instituir “consultas políticas regulares” entre os dois países, adiantou a mesma fonte.

A visita do governante – a primeira de um secretário de Estado português dos Negócios Estrangeiros desde 2009 – pretende dar “um sinal político importante”.

“Vamos retomar esta relação com Cuba, acompanhando a abertura que o regime cubano tem vindo a fazer, a exemplo de outros países europeus”, que também têm restabelecido laços políticos com Havana, acrescentou o gabinete de Campos Ferreira.

Com este “passo muito importante”, o Governo português pretende desenvolver uma “relação política mais sólida” e, depois, “criar espaço para um aprofundamento das relações económicas”, admitindo organizar, ainda este ano, “uma grande missão empresarial” àquele país.

A deslocação será marcada, no dia 24, por um momento cultural a que o Executivo atribui grande importância simbólica: a inauguração da Praça Luís de Camões numa zona emblemática da Cidade Velha de Havana, onde será instalada uma estátua do poeta português, que foi doada a Cuba pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

No âmbito da visita, Campos Ferreira terá reuniões com os ministros cubanos do Comércio Externo, da Indústria e da Energia, participando ainda num jantar promovido pelo embaixador português em Cuba, em que estarão presentes membros da comunidade portuguesa e representantes da sociedade cubana, nomeadamente artistas.

Antes desta visita, o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação desloca-se, de 22 a 24 deste mês, à República Dominicana, numa viagem marcada por “uma forte componente económica”, disse a mesma fonte. Participa também o administrador da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) Pedro Pessoa e Costa.

No dia 23 decorre naquele país um fórum empresarial, sob o mote “Investir na República Dominicana”, no âmbito do qual será formalizada a Câmara de Comércio, Indústria e Turismo Portugal – República Dominicana, criada no ano passado.

Esta é a primeira missão empresarial à República Dominicana, participando empresas dos setores da energia, construção, tecnologia e telecomunicações, entre as quais a Mota-Engil, Ecochoice, Elevogroup, E-xample, Grupo Visabeira e Jayme da Costa.

Campos Ferreira irá reunir-se com o seu homólogo e com ministros da Economia, das Obras Públicas e Comunicação e da Educação, além da Comissão Nacional para as Questões da Energia.

O governante participará ainda num encontro com o grupo “Amigos de Portugal”, que reúne portugueses, lusodescendentes e empresários dominicanos que têm interesses em Portugal. (Ag.Lusa)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Show Buttons
Hide Buttons