• Seg. Jan 24th, 2022

Portugal pretende retomar relação política com Cuba

ByTeam

Abr 19, 2014
Cuba Havana

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Campos Ferreira, visita na próxima semana Cuba, país com o qual Portugal quer retomar a relação política, anunciou à Lusa fonte do ministério dos Negócios Estrangeiros.

Durante a deslocação de Campos Ferreira, entre os dias 24 e 26, Portugal e Cuba assinarão um memorando de entendimento para instituir “consultas políticas regulares” entre os dois países, adiantou a mesma fonte.

A visita do governante – a primeira de um secretário de Estado português dos Negócios Estrangeiros desde 2009 – pretende dar “um sinal político importante”.

“Vamos retomar esta relação com Cuba, acompanhando a abertura que o regime cubano tem vindo a fazer, a exemplo de outros países europeus”, que também têm restabelecido laços políticos com Havana, acrescentou o gabinete de Campos Ferreira.

Com este “passo muito importante”, o Governo português pretende desenvolver uma “relação política mais sólida” e, depois, “criar espaço para um aprofundamento das relações económicas”, admitindo organizar, ainda este ano, “uma grande missão empresarial” àquele país.

Meetic

A deslocação será marcada, no dia 24, por um momento cultural a que o Executivo atribui grande importância simbólica: a inauguração da Praça Luís de Camões numa zona emblemática da Cidade Velha de Havana, onde será instalada uma estátua do poeta português, que foi doada a Cuba pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

No âmbito da visita, Campos Ferreira terá reuniões com os ministros cubanos do Comércio Externo, da Indústria e da Energia, participando ainda num jantar promovido pelo embaixador português em Cuba, em que estarão presentes membros da comunidade portuguesa e representantes da sociedade cubana, nomeadamente artistas.

Antes desta visita, o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação desloca-se, de 22 a 24 deste mês, à República Dominicana, numa viagem marcada por “uma forte componente económica”, disse a mesma fonte. Participa também o administrador da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) Pedro Pessoa e Costa.

No dia 23 decorre naquele país um fórum empresarial, sob o mote “Investir na República Dominicana”, no âmbito do qual será formalizada a Câmara de Comércio, Indústria e Turismo Portugal – República Dominicana, criada no ano passado.

Esta é a primeira missão empresarial à República Dominicana, participando empresas dos setores da energia, construção, tecnologia e telecomunicações, entre as quais a Mota-Engil, Ecochoice, Elevogroup, E-xample, Grupo Visabeira e Jayme da Costa.

Campos Ferreira irá reunir-se com o seu homólogo e com ministros da Economia, das Obras Públicas e Comunicação e da Educação, além da Comissão Nacional para as Questões da Energia.

O governante participará ainda num encontro com o grupo “Amigos de Portugal”, que reúne portugueses, lusodescendentes e empresários dominicanos que têm interesses em Portugal. (Ag.Lusa)


Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Covid-19 : Itália pede ajuda à China, Cuba e Venezuela, mas não da UE
italia-Covid-19

A fim de remediar o afluxo maciço de pacientes com Covid-19 que saturam seu sistema de saúde, a Itália está agora recorrendo à China, Cuba e Venezuela em busca de Read more

Cuba: Fidel Castro morreu aos 90 anos
Fidel Castro

O histórico líder cubano, Fidel Castro, morreu aos 90 anos, anunciou hoje o seu irmão, o Presidente Raúl Castro, na televisão estatal. "O comandante-chefe da revolução cubana morreu esta noite Read more

Fidel Castro agradece a Marcelo oposição de Portugal ao embargo económico
Fidel Castro

O líder histórico cubano, Fidel Castro, agradeceu na quarta-feira ao Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, a oposição de Portugal ao embargo económico a Cuba, noticiou o jornal oficial do Read more

IL pede “novo rumo para Portugal”, e o Chega apela a uma “alternativa de direita”
IL-Chega

O partido Iniciativa Liberal afirmou que Portugal precisa de "um novo rumo", estando disponível para "contribuir com as suas ideias", e o partido Chega apelou a que a direita apresente Read more

Show Buttons
Hide Buttons