25 Abril O PS pede reunião ou conferência de líderes para apreciar pretensão de capitães

O PS pediu a convocação de uma conferência de líderes ou reunião sobre as comemorações do 25 Abril, considerando que a pretensão de os capitães de Abril de quererem falar na sessão solene deve ser apreciada. “A pretensão dos capitães de Abril, representados pela Associação 25 de Abril, de falar na sessão solene do 25 de Abril tornou-se um facto público que a Assembleia da República deve apreciar, em tempo útil”, argumenta o líder da bancada do PS, Alberto Martins, numa carta dirigida à presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves.

Na carta, o grupo parlamentar do PS solicita a Assunção Esteves a “convocação de reunião, ou conferência de líderes, com os representantes dos diversos grupos parlamentares, com vista ao acompanhamento das comemorações do 25 de Abril.

O ex-presidente da República Mário Soares não vai participar, pela terceira vez consecutiva, nas cerimónias do 40.º aniversário do 25 de Abril, na Assembleia da República em Lisboa, disse hoje o próprio à agência Lusa.

“Também não vou, como é óbvio. Eu sou solidário com os militares de Abril, sempre fui, quando eles não vão, eu também não vou”, afirmou Mário Soares, em Cortes, Leiria, à margem da inauguração da exposição “Rostos da Revolução”, na Casa-Museu João Soares.

O ex-chefe de Estado salientou que “quem fez o 25 de Abril foram exclusivamente os militares”.

“E nós temos que estar gratos aos militares que fizeram o 25 de Abril, que nos deram a liberdade e que, ainda por cima, autorizaram que os partidos que eram clandestinos passassem [a estar] em liberdade. Tudo isto se deve ao 25 de Abril, como o Estado Social”. (Ag.Lusa)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.