• Qui. Jul 29th, 2021

André Ventura adverte para risco de crise política por “embirração” de Costa

andre-ventura-chega

O presidente do CHEGA responsabilizou o primeiro-ministro, António Costa, por uma eventual crise política durante a presidência portuguesa da União Europeia, devido à “embirração de manter em funções dois ministros, da Administração Interna e da Justiça, completamente desautorizados“.

“Estamos no meio de uma crise de saúde pública, não podemos acrescentar a isto uma crise política, mas o governo tem que ajudar também nessa matéria. Se temos dois ministros completamente desautorizados e que continuam em funções só por embirração de António Costa, então eu acho que é António Costa que tem que inverter o rumo, ter a humildade de perceber que não tem maioria absoluta e que tem que ceder”, disse André Ventura.

“Pelo que ouvi,  Rui Rio também concorda com a saída da ministra da Justiça e poderemos ter uma situação muito desagradável: ser o Parlamento a fazer uma espécie de moção de censura ao Governo, especificamente à ministra da Justiça”, acrescentou o candidato do Chega às eleições presidenciais de 24 de janeiro, no final de uma ação de campanha eleitoral na cidade de Setúbal.

Segundo André Ventura – que não abordou a polémica em torno do ministro da Administração Interna devido à morte de um emigrante ucraniano sob custódia do SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) -, o país ficou a saber na passada segunda-feira, pelo diretor geral de Política de Justiça, que “Portugal mentiu à União Europeiacom o objetivo de nomear um procurador indicado pelo Governo, em detrimentoda procuradora que tinha ficado à frente do concurso para procurador europeu.

Online Website Builder

“Como é que vamos pedir à União Europeia que nos dê credibilidade daqui a uns anos, ou daqui a uns meses, a fazer este tipo de trapalhadas”, interrogou-se o líder do Chega, que também reiterou as críticas ao atual Presidente da República, alegando que Marcelo Rebelo de Sousa se mostra incomodado com esta situação, mas “faz muito pouco” por promover uma mudança.

Sobre a ação de campanha realizada hoje em Setúbal, André Ventura disse que “quis dar um sinal a um dos distritos mais importantes em termos de crescimento do Chega” e mostrou-se convicto de que também será no distrito de Setúbal que poderá ter mais votos nas eleições presidenciais.

André Ventura sublinhou também a importância dos produtos tradicionais, como o Moscatel de Setúbal, e lembrou as preocupações que ouviu na conversa com alguns pescadores da cidade do Sado.

“A regulamentação da pesca está desastrosa não só a nível da União Europeia como a nível de Portugal. Os pescadores são os mais prejudicados do negócio, em termos de margens de lucro, quando são os que mais trabalham”, disse, assegurando que o Chega irá apresentar propostas concretas para alterar o atual estado de coisas no setor das pescas.

“O moscatel, como se sabe, é também um dos símbolos de Setúbal. E para nós é importante preservar o que é português e o que é tradicional, e que tem permitido a tanta gente, mesmo nesta altura difícil, manter empregos, manter a atividade a funcionar, manter a estrutura familiar”, concluiu o líder do Chega. (Ag.Lusa)

Facebook Comments
Caso do “procurador” : PSD exige à ministra “consequências políticas”
Mónica-Quintela

O partido PSD levou novamente ao parlamento o caso da nomeação do procurador europeu, defendeu que a ministra da Justiça deve retirar "consequências políticas" e acusou Francisca Van Dunem e Read more

Diretor do serviço de Política de Justiça demite-se após polémica com currículo de Procurador
FranciscaVanDunem

O responsável máximo da Direção-geral de Política de Justiça (DGPJ), Miguel Romão, demitiu-se hoje do cargo na sequência da polémica sobre as incorreções contidas no currículo do procurador europeu José Read more

O partido do CDS não descarta acordo com o partido Chega pós-legislativas.
cds-pp-francisco-rodrigues-santos

Numa entrevista pelo Observador, o líder do CDS Rodrigues dos Santos reage a Mesquita Nunes e diz que "não se convocam por dá cá aquela palha". Quanto ao Chega, admite Read more

André Ventura contra fecho de restaurantes e a sugerir que Costa se vai embora
chega-ventura-16-09-2020

O candidato presidencial do Chega defendeu que setores como restauração, cafetaria, pequeno comércio e eventos culturais devem permanecer abertos e sugeriu que o primeiro-ministro, António Costa, se prepara para abandonar Read more

Show Buttons
Hide Buttons