Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre quando nos refugiamos

video – O papa Francisco despediu-se este sábado de Portugal com uma mensagem no Twitter afirmando que Fátima é sobretudo “um manto de luz”.

“Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre quando nos refugiamos sob a proteção da Virgem Mãe para Lhe pedir: mostrai-nos Jesus”, escreve o papa Francisco na sua conta de twitter em português https://twitter.com/Pontifex_pt.

O papa Francisco canonizou, em Fátima, os pastorinhos Jacinta e Francisco Marto.

Estas são as duas primeiras crianças não mártires a ser elevadas à categoria de santos pela Igreja Católica.

A canonização de Jacinta e Francisco Marto marca o ponto alto das comemorações do Centenário das Aparições da Cova da Iria e tem lugar no início da missa que o papa concelebrará no altar do recinto a partir das 10:00.

Cerca de 500 mil fiéis assistiram este sábado à homilia do papa Francisco no Santuário de Fátima que encerra a peregrinação de maio à Cova de Iria, segundo estimativa avançada à agência EFE pelo porta-voz do Vaticano, Greg Burke.

O papa Francisco saiu ao início da tarde de hoje de Fátima terminando assim a sua peregrinação ao Santuário mariano por ocasião do centenário das “aparições”.

Durante a missa de hoje, o papa canonizou os pastorinhos Jacinta e Francisco enaltecendo a “força revolucionária da ternura e do carinho”, inspirada em Maria.

O líder da Igreja Católica chegou na sexta-feira à tarde a Fátima, onde visitou a Capelinha das Aparições e participou, à noite, na tradicional bênção das velas e na oração do rosário.

O avião do papa Francisco aterrou hoje às 19:20 locais (18:20 de Lisboa) em Roma, duas horas e meia depois da partida da base aérea de Monte Real, Leiria.

Francisco é o quarto papa a visitar Portugal, depois de Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000) e Bento XVI (2010).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.