• Ter. Nov 30th, 2021

Governo “mais preocupado” com Avante! do que com regresso às aulas

cds-pp-francisco-rodrigues-santos

O líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, disse que o Governo esteve “mais preocupado” em preparar a Festa do Avante! do que em garantir um regresso às aulas em segurança.

O Governo de esteve mais preocupado em preparar a Festa do Avante! do que acautelar um regresso às aulas para milhares de alunos, famílias e professores em segurança”, declarou Francisco Rodrigues dos Santos.

O presidente centrista falava em Ponta Delgada na apresentação de Nuno Gomes como cabeça de lista por São Miguel às eleições legislativas regionais dos Açores, agendadas para 25 de outubro.

O dirigente reiterou que o país necessita de um plano de prevenção que evite uma segunda vaga do vírus da Covid-19 e torne “desnecessários mais sacrifícios da economia”, uma vez que “o país não vai aguentar”.

Para o líder centrista, é “lastimável que ainda nada se saiba sobre uma série de orientações técnicas e de segurança de saúde pública por um conjunto de atividades que ainda não retomaram” a normalidade.

Francisco Rodrigues dos Santos quer um plano de prevenção nacional para “conciliar a recuperação económica, inevitável no país — para que mais portugueses não sejam votados ao desemprego, à fome e miséria”, compatibilizando-a com as “responsabilidades individuais e coletivas de saúde pública”.

O presidente centrista considera que a apressada declaração do Governo de que irá decretar o estado de contingência “gerou mais incertezas e receio social na economia e famílias portuguesas, quando se pedia mais segurança e previsibilidade para retomarem as suas vidas com normalidade”.

Francisco Rodrigues dos Santos defendeu um reforço da capacidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e uma lista pública de credores do Estado para que o Governo “acelere os pagamentos em atraso a fornecedores”.

A consequência do não pagamento a fornecedores tem sido o encerramento de “muitos centros de saúde”, de acordo com o dirigente do CDS-PP, que quer uma redução das listas de espera, uma vez que há “milhares de portugueses que aguardam por uma consulta ou cirurgia que tarda e não vem”.

Francisco Rodrigues dos Santos apontou que 3,9 milhões de consultas foram canceladas, 93 mil cirurgias adiadas e morreram no país 10.400 pessoas em agosto, o valor “mais alto dos últimos 12 anos”, o que significa que o combate à Covid-19 “está a ser feito à custa dos doentes” com outras patologias. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Governo socialista : “António Costa andou a enganar os portugueses”
Paulo-Rangel-27-10-2021

"António Costa andou a enganar os portugueses durante todo este tempo", disse Paulo Rangel, acrescentando que os orçamentos aprovados "ao longo destes seis anos" foram, "em muitos aspetos, prejudiciais para Read more

Líder do CDS acusou o Governo socialista de dever mais de 900 milhões a agricultores
agricultura-fundos-comunitários

Francisco Rodrigues dos Santos, CDS-PP acusou o Governo socialista de dever a agricultores "mais de 900 milhões de euros" ao abrigo do último quadro de apoios comunitários, considerando que a Read more

Parlamento Europeu dirigiu uma carta a Fernando Medina a exigir respostas por escrito
Fernando-Medina

Parlamento Europeu, numa carta dirigida a Fernando Medina (PS) na qual refere que o autarca violou o direito da União Europeia (UE), ao enviar dados pessoais de manifestantes anti-Putin para Read more

PSD responsabiliza o partido Socialista por “vinte anos perdidos” na economia
economia-portuguesa

O partido PSD responsabiliza o partido Socialista por "vinte anos perdidos" no crescimento da economia e no aumento da competitividade." "É incompreensível que a melhoria da nossa competitividade, enquanto país Read more

Show Buttons
Hide Buttons