O número de desempregados registado em Maio aumentou 9,7%

O número de desempregados registado em Maio aumentou 9,7% em termos homólogos, com mais 61.893 inscritos nos centros de emprego, recuando 3,5% face a Abril, segundo a informação mensal do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

No final do mês de Maio estavam inscritas nos centros de emprego 703.205 pessoas, menos 25.307 do que em Abril, correspondendo a um total de 887.666 pedidos de emprego no último ano.

Ao longo do mês, inscreveram-se 54.566 desempregados, o que representa uma queda homóloga de 4% (menos 2.269 pessoas) e um decréscimo de 5,9% face ao mês de Abril.

A descida foi generalizada em todas as regiões, com destaque para a Madeira (-10,5%), sendo os Açores a única exceção com mais 22,6%.

O “fim de trabalho não permanente” foi o principal motivo para a inscrição, representando quase 33% do total de desemprego em Maio.

Em termos anuais, a nível regional, o desemprego subiu em todo o país, especialmente nos Açores (22,4%), Alentejo (12,9%) e Centro (12,3%), mas desceu face ao mês de Abril, diminuindo 11,4% no Algarve e 6,6% no Alentejo. [icon name=”icon-circle-arrow-right”] Jornal de Negocios


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.