• Ter. Nov 30th, 2021

PSD deseja financiamento a 100% na melhoria da “eficiência energética” de 150 mil habitações

eficiencia-energetica-edificios

O partido PSD vai propor que o Estado financie a 100% obras de melhoria da eficiência energética em cerca de 150 mil habitações de famílias de baixos rendimentos, como parte do programa estratégico para a década que está a ser preparado.

De acordo com um comunicado enviado pelo partido, no âmbito daquele plano estratégico, será proposto um subprograma de combate à pobreza energética das famílias, que se materializa no financiamento da totalidade das obras necessárias para melhorar a eficiência energética, em pelo menos dois níveis, de cerca de 150 mil habitações de famílias mais necessitadas.

Com esta medida não só se reduz para os próximos 20 anos a despesa em eletricidade e gás destas cerca de 150 mil famílias, como melhora a qualidade de vida destas pessoas (potencialmente mais de meio milhão de pessoas)”, refere o comunicado.

O programa estratégico, que está a ser preparado pelo Conselho Estratégico Nacional (CEN) do PSD, vai também incluir um subprograma de melhoria da eficiência energética dos edifícios do Estado, aos níveis central, regional e local, que, aliás, já estava prevista no programa de recuperação económica apresentado em junho, acrescenta o partido.

Assim, o PSD vai propor que todos os edifícios do Estado onde seja possível passar a ter um nível de eficiência A sejam objeto de intervenção, contando que a medida represente uma poupança de mais de 200 milhões de euros por ano em despesa pública.

Por fim, será também apresentado um subprograma de eficiência energética para as empresas, que prevê o financiamento a fundo perdido de 25% do investimento em melhoria da eficiência energética, através do Plano de recuperação da Europa (EU Recovery Program), da Comissão Europeia

Adicionalmente, propõe-se que o Banco de Fomento e as entidades bancárias nacionais tenham uma linha de crédito bonificado, financiável no Banco Europeu de Investimento, com uma maturidade a 10 a 15 anos e taxa de juro com spreads de 1% a 2%, para financiar até 50% do investimento na melhoria da eficiência energética.

Desta forma, as empresas, sejam agrícolas, da indústria ou dos serviços, suportam apenas 25% dos custos do investimento.

Portugal é um país com baixos níveis de eficiência energética, e consequentemente, com elevados valores de pobreza energética e intensidade energética. Nesse sentido, o PSD propõe desde já um programa vasto de melhoria da eficiência energética, alocando a esse programa uma parte significativa dos 30% de fundos do EU Recovery Program que têm de ser afetos a medidas de transição energética”, sublinha o partido.

A 21 de julho, os dirigentes da União Europeia chegaram a acordo sobre um plano um plano de recuperação para a Europa, proposto em maio pela Comissão Europeia e que visa ajudar a reparar os danos económicos e sociais causados pela pandemia de Covid-19.

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
PSD responsabiliza o partido Socialista por “vinte anos perdidos” na economia
economia-portuguesa

O partido PSD responsabiliza o partido Socialista por "vinte anos perdidos" no crescimento da economia e no aumento da competitividade." "É incompreensível que a melhoria da nossa competitividade, enquanto país Read more

O presidente do PSD considera positiva preocupação de Marcelo com utilização da “bazuca”
Rui-Rio

Rui Rio, considerou positiva a notícia de que o Presidente da República tenciona acompanhar a utilização dos fundos europeus provenientes da União Europeia (bazuca) e do Portugal 2030. "Penso que Read more

O partido PSD quer ouvir ministro sobre “ida de doentes para o estrangeiro”
rui_rio_partido_psd

O PSD refere que soube pela "imprensa estrangeira que a Alemanha e a Áustria estavam disponíveis para receber doentes residentes em Portugal com covid-19, tendo em conta a atual situação Read more

Presidente do PSD aponta “esmagamento da esquerda” e vitória de candidato moderado
rui-rio-24-01-2021

Rui Rio, presidente do PSD, falou num "esmagamento claro da esquerda e numa vitória fortíssima do candidato moderado" e chamou a atenção para o segundo lugar alcançado por André Ventura Read more

Show Buttons
Hide Buttons