• Qua. Jul 6th, 2022

Estudo indica que obesidade abdominal provoca disfunção eréctil

ByTeam

Nov 1, 2013
obesidade-gordura

Um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), mostra que o índice de gordura acumulada na zona abdominal “pode servir de indicador de disfunção eréctil”, recente trabalho da equipa de investigação de Urologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

Este estudo, tendo sido publicado na revista científica “Aging Male”, revelou que “o índice de obesidade central tem potencial para prognosticar alterações na circulação sanguínea do pénis, isolado ou incorporado nas mais comuns definições da Síndrome Metabólica”.

Com uma “prevalência global de cerca de 13% em Portugal”, a disfunção eréctil pode atingir os homens de qualquer idade, embora seja mais frequente com o avançar da idade.

Este trabalho foi realizado pelo investigador Hugo Carvalho e liderado pelo urologista Nuno Tomada. Contou com a colaboração de dois outros investigadores, Inês Campos Correia e Francisco Correia.

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Covid-19 : Portugal é o país da Europa com mais novos casos e segundo do mundo
vacinas-covid19

Portugal é o país da União Europeia com mais novos casos de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes e o segundo no mundo neste indicador, segundo o 'site' estatístico Read more

Saúde : Investigadores identificam local nos neurónios que causa dor neuropática
neuronios-que-causa-dor-neuropatica

Os Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto identificaram o "local exato" nos neurónios sensoriais que causa a dor neuropática, descoberta que potencia o Read more

Lifestyle: cinco alimentos que deve comer todos os dias
cinco-alimentos-comer-todos-dias

De acordo com a nutrichef, em declarações ao jornal Metrópoles, ingerir uma alimentação saudável não tem de ser uma tarefa morosa ou de todo complexa. 'Não como saudável por falta Read more

Estudo diz : Pessoas infetadas e vacinadas adquirem “super imunidade”
vacinadas-adquirem-super-imunidade

Um estudo publicado numa prestigiada revista científica mostra que as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca conferem 90% de proteção contra hospitalizações e mortes. As pessoas que estiveram infetados pelo Read more

Show Buttons
Hide Buttons