Fonte da juventude, Cientistas testam drogas para retardar o envelhecimento

O que uma pílula anti-envelhecimento poderia fazer por nós?

Infelizmente, é muito cedo para considerar a possibilidade de viver como Dorian Gray. Mas há um alvo mais realista que os pesquisadores esperam alcançar. Neste caso, a pílula poderia estender a qualidade de vida, reduzindo o impacto das doenças relacionadas à idade.

“O ideal seria se as pessoas pudessem viver 90 ou 100 anos e se sentir como se tivessem 50 ou 60 anos”, disse o Dr. James Kirkland, pesquisador de geriatria da Mayo Clinic, que dirige o Kogod Center on Aging.

Uma destas tentativas que parece estar a ter resultados positivos, é um comprimido que retarda os efeitos naturais do envelhecimento que se reflete na demência, fraca qualidade dos ossos, entre outros.

Em termos simples, experimentamos o envelhecimento porque certos mecanismos do nosso corpo não funcionam tão eficientemente quanto costumavam. Células senescentes, por exemplo, são células danificadas que acumulamos à medida que envelhecemos devido à nossa capacidade declinante de removê-las.

Estas células desempenham um papel em condições crônicas, como doenças cardíacas, perda de visão, demência, enfraquecimento dos ossos, etc. Diz-se também que ocorrem após a radiação ou quimioterapia.

Para se livrar dessas células, drogas senolíticas foram testadas em camundongos pela equipe da Mayo Clinic. Dr. Kirkland estava entre os pesquisadores que identificaram essa nova classe de drogas em 2015. Como visto nas descobertas publicadas, o efeito pareceu ser muito promissor.

“Nós demos essas drogas e atrasamos o surgimento de doenças relacionadas à idade como um grupo, não apenas uma doença, mas todas elas”, disse ele, observando como os camundongos mais velhos se tornaram mais saudáveis. “Também atrasamos o início da fragilidade.”

Agora, as drogas estão sendo testadas em testes clínicos em humanos, o que é um salto significativo. Se um efeito semelhante é observado onde as células senescentes são eliminadas sem danificar as células saudáveis, a equipe pode ter um avanço médico em suas mãos. O Dr. Kirkland também esperava explorar outras vias possíveis.

“Bem, e quanto ao transplante de órgãos? E se você estiver transplantando rins de pessoas de 70 anos para crianças de 20 anos de idade? O órgão deve ser inoculado de células senescentes antes do transplante? Então, há todo tipo de coisas estranhas ou coisas que não havíamos pensado antes, de repente estamos começando a pensar agora “.

Embora essa potencial fonte de juventude leve muito tempo e mais pesquisas, há outras maneiras de lidar com o envelhecimento. Manter um estilo de vida fisicamente ativo é uma regra importante – e quanto mais cedo você começar, melhor.

Interações sociais, a pesquisa mostrou, também pode ajudar a retardar o envelhecimento, evitando a inflamação, que está ligada à doença de Alzheimer e outros distúrbios. Também pode reduzir a solidão, o que promove níveis mais baixos de estresse, o que significa melhorar a saúde mental.

Sem surpresa, os hábitos alimentares adequados também são necessários para o envelhecimento saudável. A maioria dos especialistas recomenda fortemente a dieta mediterrânica, que se concentra em uma alta ingestão de frutas, legumes, peixe, azeite, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.