• Ter. Dez 6th, 2022

Estados-Unidos vão processar Google por posição dominante e anticoncorrência

google-motor-busca
Share This !

O Departamento de Justiça dos Estados-Unidos deve dar entrada com uma ação legal ‘antitrust‘, ou seja, contrária a uma posição dominante, contra a gigante da web Google

A ação centra-se no domínio da Google enquanto motor de busca na internet e em determinar se foi usado para impedir a concorrência e prejudicar os consumidores, segundo explicou à AP fonte ligada ao processo.

O Departamento de Justiça também está a examinar as práticas de publicidade ‘online’ da Google, disse a fonte anónima.

Responsáveis da área ‘antitrust’ do departamento informaram hoje o procurador-geral estadual sobre a ação planeada contra o gigante informático e procuram apoio de outros estados do país que também partilhem preocupações com a conduta da Google.

O processo contra a empresa pode representar a maior ofensiva governamental para assegurar a concorrência desde o inédito processo contra a Microsoft, há quase 20 anos.

Legisladores e defensores dos direitos dos consumidores acusam a Google de abusar da sua posição dominante na pesquisa ‘online’ e na publicidade para sufocar a concorrência e potenciar os seus lucros.

Também a União Europeia (UE) está num processo de repressão da hegemonia dos gigantes digitais, com a Comissão Europeia a querer avançar com medidas até ao final de 2020, que podem mesmo levar à exclusão dos GAFA (Google, Amazon, Facebook e Apple) do mercado único europeu, segundo adiantou o comissário do Mercado Interno, Thierry Breton, ao Financial Times.

Os GAFA são “demasiado grandes para não se preocuparem”, disse o comissário, referindo que a União Europeia “precisa de uma melhor supervisão” destes gigantes, seguindo o exemplo da regulação mais rigorosa da atividade bancária depois da crise de 2008.

A Comissão Europeia deverá revelar nova legislação até ao final do ano (a “Lei dos Serviços Digitais”), uma prioridade do executivo da UE, para controlar melhor a forma como as principais plataformas expandem as suas atividades, combater a desinformação ou gerir dados pessoais.

O objetivo de Bruxelas é proteger melhor os consumidores e os concorrentes mais pequenos.

A escala de sanções para plataformas que, por exemplo, forçam os seus utilizadores a utilizar apenas o seu serviço, poderia chegar ao ponto de os forçar a despojar-se de algumas das suas atividades. (Ag.Lusa)

Conecte-se ao Facebook para poder comentar
Facebook revela detalhes sobre os dados que cedeu aos EUA USA
Facebook-news

(Atualização 25-03-2020) A rede social Facebook revelou que no último semestre de 2012 recebeu entre 9.000 e 10.000 pedidos de informação privada por parte das autoridades norte-americanas, incluindo da polícia Read more

Google envia para o espaço balões Internet
Google e os baloes internet

video - A Google revelou, este sábado, o seu plano secreto de enviar balões para o espaço, com o objetivo ambicioso de levar Internet aos dois terços da população mundial Read more

China tem o supercomputador mais rápido do mundo
supercomputador

Engenheiros militares chineses anunciaram, esta segunda-feira, terem conseguido desenvolver um supercomputador capaz de calcular 33.860 biliões de operações por segundo, voltando a China a ter o computador mais rápido do Read more

Equipa de cientistas criam primeiro modelo em 3D do cérebro humano
cerebro humano

video - Uma equipa de cientistas alemães e canadianos divulgou, o primeiro modelo em três dimensões (3D) do cérebro humano com uma resolução microscópica, 50 vezes mais detalhada do que Read more

Ciberataques aos telemóveis aumentaram 600 % em um ano
telemovéis

video - Os utilizadores de smartphones não estão imunes aos ataques dos piratas informáticos, que multiplicaram os seus ataques aos telemóveis, usando como arma desde a simples fraude comercial à Read more

Investigadores portugueses premiados por estudos sobre a dor

Duas equipas de investigadores das universidades do Minho e do Porto foram contempladas com o Prémio Grünenthal Dor 2012, recebendo cada qual o valor de 7.500 euros, anunciou esta segunda-feira Read more