Category Archives: Portugal

Divida: A chanceler Angela Merkel sempre disse “nein” para os eurobonds!

Apesar das chamadas urgentes de oito países da UE, incluindo Portugal, Espanha, Itália… a Chanceler Angela Merkel mais uma vez rejeita a idéia de mutualizar as dívidas (eurobonds).

Não vale a pena discutir com a chanceler. Angela Merkel sempre se recusou a reunir dívidas na Europa.

CoronaVirus: Portugal eleva para 295 o número de mortes e infetados sobem para os 11278

(Atualização 05-04-2020) Portugal regista hoje 295 mortes associadas à covid-19, mais 29 do que no sábado, e 11.278 infetados (mais 754), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sábado, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (158), seguida da região Centro (72), da região de Lisboa e Vale do Tejo (58) e do Algarve (07).

Relativamente a sábado, em que se registavam 266 mortes, hoje observou-se um aumento de 11% (mais 29).

De acordo com os dados da DGS, há 11.278 casos confirmados, mais 754, um aumento de 7,2% face a sábado.

(Atualização 04-04-2020) Portugal regista hoje 266 mortes associadas à covid-19, mais 20 do que na sexta-feira, e 10.524 infetados (mais 638), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sexta-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (141), seguida da região Centro (66), da região de Lisboa e Vale do Tejo (54) e do Algarve (5). Quanto à região do Alentejo, o relatório da DGS de sexta-feira apresentava um óbito, mas o de hoje tem zero registos, sendo explicado no documento que a morte registada pela Administração Regional de Saúde do Alentejo “veio a confirmar-se covid-19 negativo”.

Relativamente a sexta-feira, em que se registavam 246 mortes, hoje observou-se um aumento de 8,1% (mais 20).

De acordo com os dados da DGS, há 10.524 casos confirmados, mais 638, um aumento de 6,5% face a sexta-feira.

Das 266 mortes registadas, 170 tinham mais de 80 anos, 60 tinham idades entre os 70 e os 79 anos, 24 entre os 60 e os 69 anos, oito entre os 50 e os 59 anos e quatro óbitos entre os 40 aos 49 anos.

Das 10.524 pessoas infetadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), a grande maioria (9.198) está a recuperar em casa, 1.075 (mais 17, +1,6%) estão internadas, 251 (mais seis, +2,4%) dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos.

Os dados da DGS, que se referem a 79% dos casos confirmados, precisam que Lisboa é o concelho que regista o maior número de casos de infeção pelo coronavírus SARSCov2 (654), seguida do Porto (643 casos), Vila Nova de Gaia (468), Gondomar (447), Maia (404), Matosinhos (386), Braga (333), Valongo (320), Sintra (254) e Ovar (222).

Desde o dia 01 de janeiro, registaram-se 81.087 casos suspeitos, dos quais 5.518 aguardam resultado das análises.

O boletim epidemiológico indica também que há 65.045 casos em que o resultado dos testes foi negativo e sobe, em relação a sexta-feira, o número de doentes recuperados com mais sete, passando de 68 para 75.

A região Norte continua a registar o maior número de infeções, totalizando 6.280, seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo, com 2.513 casos, da região Centro (1.372), do Algarve (182) e do Alentejo, que hoje apresenta 63 casos.

Há ainda 63 pessoas infetadas com o vírua da covid-19 nos Açores e 51 na Madeira.

A DGS regista ainda 22.858 contactos em vigilância pelas autoridades (mais 302 do que na sexta-feira).

A faixa etária mais afetada é a dos 40 aos 49 anos (1.928), seguida dos 50 aos 59 anos (1.908), dos 30 aos 39 anos (1.567) e dos 60 aos 69 anos (1.396).

Há ainda 150 casos de crianças com idades até aos nove anos, 252 de jovens com idades entre os 10 e os 19 anos e nas idades entre os 20 e os 29 anos há 1.083 casos.

Os dados indicam também que há 999 casos de pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos e 1.242 com mais de 80 anos.

Segundo o relatório da DGS, 156 casos resultam da importação do vírus de Espanha, 112 de França, 62 do Reino Unido, 40 dos Emirados Árabes Unidos, 41 da Suíça, 29 de Itália, 23 de Andorra, 19 dos EUA, 18 do Brasil, 16 dos Países Baixos, 14 da Austrália, 11 da Argentina, nove da Bélgica, nove da Alemanha, seis da Áustria, cinco do Canadá e um de Cabo Verde.

O boletim dá ainda conta de três casos importados da Índia, três de Israel, dois casos do Egito, dois da Irlanda, dois do Luxemburgo, dois da Jamaica e outros dois da Tailândia.

Foram ainda importados um caso do Chile, Cuba, Dinamarca, Indonésia, Irão, Malta, Maldivas, Noruega, Paquistão, Polónia, Qatar, República Checa, Suécia, Ucrânia e Venezuela.

Segundo a DGS, 60% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 47% febre, 32% dores musculares, 28% cefaleias, 25% fraqueza generalizada e 18% dificuldade respiratória. Esta informação refere-se a 78% dos casos.

A covid-19, causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, é uma infeção respiratória aguda que pode desencadear uma pneumonia.

Portugal, onde o primeiro caso foi confirmado a 02 de março, está já na terceira e mais grave fase de resposta à doença (Fase de Mitigação), ativada quando há transmissão local, em ambiente fechado, e/ou transmissão comunitária.

Detetado em dezembro de 2019, na China, o novo coronavírus já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 59 mil.

Dos casos de infeção, mais de 211 mil são considerados curados.

(Atualização 02-04-2020) Portugal regista hoje 209 mortes associadas à covid-19, mais 22 do que na quarta-feira, e 9.034 infetados (mais 783), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O dia em que assinala um mês desde que o primeiro caso da doença foi detetado em Portugal, o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de quarta-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (107), seguida da região Centro (55), da região de Lisboa e Vale do Tejo (44) e do Algarve, que hoje regista três mortos.

Relativamente a quarta-feira, em que se registavam 187 mortes, hoje observou-se um aumento de 11,8% (mais 22).

De acordo com dados da DGS, há 9.034 casos confirmados, mais 783, um aumento de 9,5% face a quarta-feira.

(Atualização 29-03-2020)
Portugal regista hoje 119 mortes associadas à covid-19, mais 19 do que no sábado, e 5.962 infetados (mais 792), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório da situação epidemiológica em Portugal, com dados atualizados até às 24:00 de sábado, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (61), seguida das regiões do Centro e de Lisboa e Vale do Tejo, com 28 cada, e do Algarve, que hoje regista dois mortos.

Relativamente a sábado, em que se registavam 100 mortes, hoje observou-se um aumento de 19%.

De acordo com dados da DGS, há 5.962 casos confirmados, mais 902 (um aumento de 15,3% ) face a sábado.

Bruxelas dá “luz verde” à venda de seis barragens da EDP a consórcio francês

A Comissão Europeia aprovou a venda de seis barragens da EDP, no Douro, a um consórcio de empresas francesas composto pela Engie, Mirova e Crédit Agricole, concluindo que a operação não afeta a concorrência na UE.

“A Comissão Europeia aprovou, no âmbito do regulamento europeu de concentrações, a aquisição de seis centrais

Inspetores da ASAE suspeitos de corrupção e proibidos de contactar entre si

Os inspetores da Autoridade para Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detidos por suspeita do crime de corrupção passiva estão proibidos de contactar com colegas e de frequentar estabelecimentos comerciais sob investigação.

Coronavírus: União Europeia garante estar a trabalhar “em todas as frentes” para prevenir propagação

A União Europeia garante estar a trabalhar “em todas as frentes” para prevenir a propagação do coronavírus Covid-19 na Europa, insistindo sobretudo na necessidade de coordenação dos Estados-membros “em tempo real” para enfrentar um fenómeno que é “dinâmico”.

Combate à corrupção: centenas de pessoas pedem libertação de Rui Pinto

Centenas de pessoas pediram, este sábado, em frente ao Palácio da Justiça, no Porto, a libertação imediata de Rui Pinto.

À manifestação, convocada através das redes sociais, juntaram-se dezenas de lesados do BES.

A visão internacional sobre a tolerância de Portugal frente à Corrupção

Segundo openDemocracy, a Corrupção é generalizada e está profundamente enraizada no sistema econômico e político em todo o mundo. Mas os mecanismos de combate da corrupção, apesar de um sistema judicial sólido e independente, dependem muito da força ou fraqueza das instituições, bem como da existência de vontade política.

Governo quer transpor “estatuto do denunciante” para legislação nacional

O Governo pretende transpor ainda este ano para a legislação nacional a diretiva europeia do estatuto do denunciante, integrada no pacote anti-corrupção que o executivo está a preparar, anunciou a ministra da Justiça.

Acton Institute : fidelidade a um Papa que “não sabe” do que fala

Discreto, confidencial, reservado, familiar, informal. Foi com estas palavras que vários intervenientes relativizaram, ao 7MARGENS, a importância do encontro que decorreu no hotel Penha Longa (Sintra), entre 22 e 25 de Janeiro, e que reuniu 110 bispos católicos de 42 países.

PJ suspeita que Rui Pinto é o denunciante dos Luanda Leaks

Vários dos documentos do Luanda Leaks divulgados nos últimos dias fazem parte tanto do processo em que o hacker vai ser julgado como de outros inquéritos que ainda estão em investigação.

Advogado francês de Rui Pinto é um dos fundadores da plataforma

Show Buttons
Hide Buttons